Automotive Business
  
News Mobility Now

Mobility Now

Ver mais notícias
Turbi intensifica concorrência no mercado de aluguel de carros

Novos negócios | 08/06/2021 | 17h0

Turbi intensifica concorrência no mercado de aluguel de carros

Cliente paga R$ 2.100 e pode usar o veículo por 30 dias, com o diferencial de que o plano não exige contratos longos

REDAÇÃO AB



A Turbi, startup de carros compartilhados por aplicativo (carsharing), anunciou na terça-feira, 8, uma nova modalidade de serviço para seus usuários. Trata-se de um plano mensal em que a pessoa paga a mensalidade de R$ 2.100 e aluga o carro por todo o período contratado.

É uma proposta mais alinhada com locadoras de carro tradicionais e até com os serviços que as próprias fabricantes de veículos passaram a oferecer recentemente, com planos diários ou mensais. As vantagens, segundo a Turbi, são o preço mais em conta (em relação ao carsharing normal, que é cobrado por horas de uso) e a flexibilidade do plano, que não exige longos contratos - você pode usar por um mês e cancelar se não precisar mais. Também é possível estender o contrato para além dos 30 dias se o cliente assim quiser.

“A flexibilidade de contratação cobre a ociosidade de uso”, afirma o CEO e cofundador da Turbi, Diego Lira. “Por exemplo, o cliente contrata o pacote de aluguel mensal com a necessidade de utilizá-lo por 60 dias, mas sabe que, após esse período, irá viajar por 15 dias e não fará uso do carro. Sendo assim, basta retornar o carro ao final dos 60 dias e retomar o serviço quando for conveniente”, explica ele.

A frota da Turbi atualmente conta com 2 mil veículos de dez diferentes modelos automáticos, os quais estão espalhados por mais de 500 pontos da Grande São Paulo, disponíveis 24 horas ao dia.



Tags: Turbi, aluguel de carros, carsharing, carro por assinatura.

Veja também

Mobility Now