Automotive Business
  
News Mobility Now

Mobility Now

Ver mais notícias
Companhia australiana anuncia competição de carros voadores
Dez unidades do Alauda Mk3 serão pilotadas remotamente em corrida que será disputada ainda este ano / Foto: Divulgação

Tecnologia | 18/06/2021 | 17h0

Companhia australiana anuncia competição de carros voadores

VTOL Alauda Mk3, da Airspeeder, faz seu primeiro voo de teste sem tripulação; fabricante planeja corrida ainda para este ano. Veja o vídeo do teste inaugural

REDAÇÃO AB



Com o avanço e a necessidade de testar novas tecnologias, o automobilismo expande seus horizontes. Na quinta-feira, 17, o Alauda Airspeeder Mk3, “primeiro carro voador de corrida” segundo seu inventor, realizou seu primeiro voo no deserto australiano. Apesar de ser chamado de carro, esse VTOL (veículo de decolagem e pouso vertical) está mais para drone, pois não é tripulado. O teste foi monitorado pela Autoridade de Segurança da Aviação Civil (CASA) australiana.

Com a realização bem-sucedida do voo do Alauda Mk3, Matthew Pearson, idealizador da nave e fundador de sua fabricante, a Airspeeder, anunciou também, para 2021, a realização da primeira corrida de carros voadores. Um passo e tanto para acelerar o desenvolvimento dos VTOLs. O torneio se chamará EXA e terá quatro times com dois pilotos cada competindo em três eventos individuais, cada um em um lugar do planeta. Datas e locais ainda não foram revelados.




A ideia de Pearson é pegar profissionais de diferentes áreas, como automobilismo, aviação e e-sports para pilotar os Alaudas. A pilotagem é feita remotamente em uma cabine que simula “a dinâmica e a ergonomia” do cockpit do VOTL. “De lá, eles comandam o veículo exatamente da mesma forma como um piloto habitando o cockpit faria”, diz o comunicado enviado à imprensa. “Cada Alauda é apresentado aos times com especificações idênticas, o que significa que são a habilidade do piloto e a estratégia do time que irão determinar os vencedores”, completa o texto.

Em termos de segurança, a Airspeeder também promete uma revolução com sua nave, argumentando que ela possui um sistema de prevenção de colisões que cria um campo de força virtual ao redor do VTOL para garantir sua segurança. Durante as corridas, manequins referidos pela equipe como tele-avatars irão ocupar os habitáculos das naves para que os engenheiros possam ter dados sobre o impacto da velocidade, aceleração e viradas no corpo humano. Tudo isso será em preparação para os testes habitados, que deverão ocorrer no futuro.

O Alauda Mk3, que tem design inspirado nos carros de corrida das décadas de 1950 e 60, entrará agora em produção em série para que dez unidades fiquem prontas a tempo das corridas. Segundo a fabricante, o veículo faz de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos, atinge altitude de 500 metros e consegue carregar uma massa de 80 kg, o que o tornaria apto para corridas tripuladas.



Tags: tecologia, carro voador, VTOL, automobilismo, Airspeeder, Alauda Mk3, EXA.

Veja também

Mobility Now