Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Motociclos | 05/10/2011 | 07h32

Produção de motos recuou 16,9% em setembro

Em relação ao ano passado, queda foi de 0,9%

Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Fernanda Guimarães, da Agência Estado

A produção de motocicletas em setembro caiu 0,9% ante o mesmo período de 2010, para 180.881 unidades, segundo divulgou nesta segunda-feira, 3, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). Na comparação com agosto, o recuo foi de 16,9%.

A entidade divulgou ainda que as vendas subiram 1,9% no mês passado em relação a setembro de 2010, para 178.047 motos. Frente a agosto houve queda de 12,6%. "Os números demonstram o impacto das medidas de contenção de crédito adotadas pelo Banco Central", afirmou o presidente da Abraciclo, Roberto Akiyama.

Apesar dos números mais fracos em setembro, a entidade revisou para cima as projeções para este ano. Para as vendas, a Abraciclo prevê crescimento de 11%, ante uma estimativa anterior de 10%. Para a produção, a previsão é de expansão de 14%, contra uma projeção anterior de 12,5%.

Motos fora do decreto do IPI

O decreto 7567, que alterou as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), não mudou o cenário do mercado de motocicletas. As motos não foram citadas na lista de produtos afetados pelo decreto. E como a produção brasileira desse tipo de veículo ocorre na Zona Franca de Manaus, as montadoras não recolhem IPI.

Na Amazônia, o modelo adotado para a fabricação de motos segue o Processo Produtivo Básico (PPB), um conjunto de normas estabelecido em conjunto por ministérios e pela Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Suframa). Para produzir motocicletas em Manaus é necessário cumprir um número mínimo de exigências e etapas do PPB. Quanto mais motos fabricadas, mais etapas o fabricante tem de cumprir.



Tags: Motos, Salão de Duas Rodas, Abraciclo, IPI.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now