Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Marketing e Lançamentos | 23/03/2012 | 00h05

Honda Fit 2013 tem novo desenho

Carro chega nos próximos dias e parte de R$ 51.800

Mário Curcio, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Mário Curcio, AB

Com pequenas modificações de carroceria e ajustes em versões e acabamento, o Honda Fit 2013 começa a chegar às revendas a partir da primeira semana de abril. Outra alteração importante, especialmente para quem utiliza etanol, foi o aumento de quase 12% da capacidade do tanque de combustível, que passou de 42 para 47 litros. O Fit parte de R$ 51.800 na versão DX, com câmbio manual de cinco marchas.

A Honda enxugou de nove para seis as versões disponíveis. Saíram de cena a DX automática e as duas opções LXL. Exceto pela EX manual, todas as outras tiveram redução na tabela (veja abaixo a listas completa de preços). “O mix inicial de vendas terá 30% dos modelos EX e EXL. Acreditamos que a mais vendida será a LX automática”, afirma Alfredo Guedes Júnior, engenheiro mecânico da Honda. A opção citada custa agora R$ 58.900 (R$ 5 a menos que a 2012) e recebeu freios com ABS. Independentemente da versão, a Honda acredita que 65% dos Fit 2013 terão transmissão automática.

Assim como ocorreu com os outros dois Honda montados no Brasil (Civic e City), o Fit teve queda de produção em 2011 como consequência do terremoto seguido de tsunami no Japão e das enchentes na Tailândia. Os dois fenômenos afetaram o fornecimento de peças e as vendas do modelo caíram das 40.954 unidades em 2010 para 28.761 no ano passado (-29,77%). As mudanças realizadas no carro devem ajudar sua recuperação: “Com certeza, passaremos das 30 mil unidades”, estima Guedes.

MODIFICAÇÕES

As alterações dianteira e traseira do Fit foram discretas (confira adiante) e se estendem aos para-lamas. Elas equiparam o Fit brasileiro aos produzidos no exterior. A versão LX recebeu rodas de liga leve com novo desenho, freios com sistema ABS e rádio toda-CDs com entradas auxiliares (USB e P2). Na linha 2013, as versões EX e EXL passam a contar com sensor traseiro de estacionamento e a opção EX automática também tem agora paddle shifts, borboletas para troca de marcha atrás do volante.

Honda
O Fit 2013 (carro à esquerda) recebeu atualização em seu desenho na frente e atrás, mas é preciso colocá-lo lado a lado com o 2012 para perceber melhor as mudanças. As versões EX e EXL trazem agora sensor traseiro de estacionamento.

Os motores flexíveis não tiveram mudanças. O 1.4 equipa as versões DX e LX e produz até 101 cv quando abastecido com etanol. O 1.5 está nas opções EX e EXL. Desenvolve até 116 cv com álcool. Os dois propulsores utilizam quatro válvulas por cilindro e o sistema V-TEC, que ajuda a conciliar força em rotação baixa e potência em alta.

O Fit é muito agradável de dirigir. A transmissão automática tira um pouco de sua agilidade, mas, claro, é a melhor opção para quem dirige em cidades com trânsito pesado. Versátil, o carro tem banco traseiro bipartido e corrediço em todas as versões. Com ele é possível optar por mais conforto para os passageiros ou maior volume no porta-malas.

VERSÕES 2013 (À VENDA EM ABRIL)

Fit DX 1.4 manual: R$ 51.800
Fit LX 1.4 manual: R$ 55.700
Fit LX 1.4 automático: R$ 58.900
Fit EX 1.5 manual: R$ 62.120
Fit EX 1.5 automático: R$ 65.720
Fit EXL 1.5 automático: R$ 67.720.



Tags: Honda, Fit, DX, LX, EX, EXL.

Comentários

  • HERIBERTO

    E O CAMBIO CVT, QUANDO RETORNA A LINHA FIT???, ESSE CAMBIO AUTOMÁTICO ATUAL É UMA "BOMBA". NÃO DÁ PARA ENTENDER A HONDA NESSE QUISITO. AO INVÉS DELES OTIMIZAREM O CARRO, DEIXANDO-O MAIS ECONÔMICO, COM O CAMBIO CVT, INSISTEM COM ESSE "OLD" CAMBIO PERVERSO. E NÃO VENHAM ME DIZER QUE O CAMBIO VTS É INCOMPATÍVEL COM A LEGISLAÇÃO, POIS ESTÁ AÍ A NISSAN PARA PROVAR O CONTRÁRIO.

  • José Marques Filho

    Boa noite Acabei de comprar um Fit EX 1.5 automático e estou bastante satisfeito com a aquisição. O meu consumo urbano, com ar ligado está em média 10 km/l, bem satisfatório. Eu estou com um problema e estou precisando de ajuda. No meu prédio não temos vagas marcadas na garagem, os carros são estacionados a medida que chegam. Hoje um vizinho interfonou pedindo que desbloqueasse a garagem visto o meu carro estar "freado". O carro não estava freado e sim em P no cambio automático, que bloqueia a tranmissão e o carro, ou seja, é identico a veiculo engrenado no manual. Se colocar o cambio em N, eu não consigo retirar a chave. Tem um jeito de deixar o carros destravado? Pois tenho que deixa-lo destravado para que possa ser empurrado e facilitar a saida de outros veículos. Grato pela atenção José Marques Filho

  • pietro giovanni

    meu pai comprou aproveite nesta semana inteira meu padrinho mostrou o fit

  • Washington Almeida

    Temos em casa um Fit 2011/2012, mecânico, já rodamos 14000km e estamos felizes até agora. Pensamos até no futuro em troca, lá para 2015, só que vendo o modelo de lançamento previsto ficamos meio decepcionados. Achamos que não está nada bonito. Talvez, se não custar caro, muito além do preço do Fit partiremos para cima do novo VEZEL, que é lindo.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now