Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 11/12/2012 | 12h05

Mangels fecha unidade de São Bernardo do Campo

Companhia acumula prejuízo de R$ 24,8 milhões

REDAÇÃO AB

A Mangels Industrial, que fornece rodas de liga leve, aços laminados e cilindros de GLP para a indústria automotiva, anunciou na terça-feira, 11, que seu conselho de administração resolveu encerrar as operações da unidade de serviços de aço em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, para cortar custos e reduzir dívidas. A companhia acumula de janeiro a setembro prejuízo de R$ 24,8 milhões, ante resultado negativo de R$ 4,7 milhões no mesmo período de 2011. As informação são da agência Reuters.

Em setembro, a metalúrgica concluiu a venda de sua divisão de galvanização e defensas metálicas em Guarulhos (SP) por R$ 15 milhões para a Armco Staco, metalúrgica americana que também tem guard-rails em seu portfólio de produtos (leia aqui). Agora, com o fechamento da unidade de São Bernardo, serão descontinuados negócios de têmpera, relaminação e centro de serviços de aço, enquanto os trabalhos de estamparia serão transferidos para a fábrica de Três Corações (MG).

"A medida visa à alienação de ativos e corte de custos, com o objetivo de reduzir a dívida da companhia e melhorar sua rentabilidade no médio prazo, possibilitando maior foco em negócios que considera estratégicos ou em que é líder de mercado", informou a Mangels em comunicado. A empresa decidiu focar suas atenções em negócios envolvendo rodas e cilindros e aços.

Fundada em 1928, a Mangels tem cerca de 12 unidades em oito Estados do Brasil, com mais de 2 mil colaboradores. A empresa não informou o número de empregados na unidade de São Bernardo.



Tags: Mangels, aço, fábrica, São Bernardo do Campo, metalúrgica.

Comentários

  • Luis Lima

    Que pena que grandes empresas multinacionais como a Mangels tenha que encerrar suas atividades e por na rua ótimos profissionais, pais de família, alguns em vias de se aposentar, outros com um grande futuro promissor no caso meu sobrinho que tanto se dedicou a empresa. Espero que os funcionários sejam alocados e dado a eles suporte para ingressarem no mercado de trabalho sem muito trauma.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now