Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Crédito | 11/03/2013 | 15h30

Demanda por crédito avança 6,9% em fevereiro

É a quinta alta consecutiva na comparação anual

REDAÇÃO AB COM AGÊNCIA BRASIL

A quantidade de pessoas que procuraram por crédito em fevereiro avançou 6,9% em relação ao mesmo mês do ano passado, aponta a empresa de consultoria Serasa Experian. Essa foi a quinta alta seguida seguindo o critério de comparação anual. Na comparação com janeiro último, a procura por crédito recuou 13% motivada pela redução do número de dias úteis (quatro a menos por causa do carnaval e do mês mais curto).

A demanda do consumidor por crédito havia registrado queda em dez dos 11 meses entre novembro de 2011 e setembro de 2012 – na comparação interanual. O processo de reativação da demanda teve relação com a atual tendência de diminuição dos níveis de inadimplência e com as taxas de juros mais baixas, além do bom momento vivido pelo mercado de trabalho.

REGIÕES

Na análise por regiões do País, Norte (+ 13,2%) e Nordeste (+ 11%) puxaram a alta do mês de fevereiro. Com esse resultado, essas regiões acumularam as maiores variações positivas durante o primeiro bimestre de 2013, com elevações de 19,3% no Norte e 15,3% no Nordeste.

No Sul o avanço chegou a 7% e no Sudeste o crescimento foi de 5,7% em fevereiro. A menor elevação ocorreu na região Centro-Oeste com alta de 2,2%, acumulando 4,7% no primeiro bimestre de 2013.

RENDA

Todas as faixas de rendimento registraram crescimento nas demandas por crédito em fevereiro, mas os maiores avanços concentraram-se entre as menores rendas. Na comparação entre fevereiro deste ano e o mesmo mês de 2012, houve alta de 12,5% para os consumidores que ganham até R$ 500 por mês, 8,9% para os que recebem entre R$ 500 e R$ 1 mil mensais e avanço de 5,3% para aqueles cujo rendimento mensal está entre R$ 1 mil e R$ 2 mil.

Os consumidores com renda mais elevadas tiveram crescimentos menos expressivos. Os que ganham entre R$ 2 mil e R$ 5 mil apresentaram alta de 2,9%, quem recebe entre R$ 5 mil e R$ 10 mil registrou elevação de 1,7%. Já os consumidores com renda acima de R$ 10 mil tiveram crescimento de 2,8% na procura por crédito.



Tags: Crédito, Serasa, consumidor.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now