Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Carreira | 25/06/2013 | 15h20

Oswaldo Jardim deixa a diretoria da Ford Caminhões

Após 37 anos na empresa, ele se aposenta e é substituído pelo argentino Guy Rodriguez

CAMILA FRANCO, AB

Foi com os olhos marejados que Oswaldo Jardim se despediu na terça-feira, 25, durante a cerimônia de início de produção do Ford Cargo extrapesado, em São Bernardo do Campo (leia aqui), da diretoria de operações de caminhões da Ford América do Sul. Depois de 37 anos na empresa, seis como diretor da divisão, ele se aposenta.

“Saio da empresa com a sensação de missão cumprida. O Cargo extrapesado estará disponível nas concessionárias em setembro e a Série F, que deixou de ser fabricada em 2012, volta à linha no ano que vem (leia aqui). Com esses deveres atendidos e com ciclo de investimento de R$ 670 milhões aplicado, chegou a hora de descansar”, comentou Jardim, que escolheu a Itália para passar alguns meses com a família. Ele não descarta a possibilidade de prestar consultoria na área de distribuição de veículos no futuro.

Jardim iniciou a carreira na Ford em 1976, como estagiário de pós-vendas, e passou por várias áreas de vendas, marketing, peças e serviços. Em 2001, assumiu a gerência executiva de serviço ao cliente, onde permaneceu até ser promovido a diretor de operações de caminhões para a América do Sul, em maio de 2007.

Para o lugar de Jardim foi escalado o argentino Guy Rodriguez, então diretor de marketing e vendas da Ford Argentina. Rodriguez ingressou na Ford em 1992 como analista de finanças e a partir de 1997 desempenhou funções na área comercial na Argentina. Também foi diretor de estratégia de produto da Ford Brasil e ocupou posições na área de marketing dos Estados Unidos e Canadá.

Durante a cerimônia, Rogelio Golfarb, vice-presidente da Ford América do Sul, agradeceu Jardim por sua atuação: “Oswaldo Jardim contaminou a Ford com sua paixão por satisfazer os clientes. Foi muito importante para a criação da rede de distribuidores da linha comercial. Teve grande participação para trazer a Transit para o Brasil, segmento de vans em que a Ford não participava. E preparou ainda a linha do Cargo extrapesado. Devemos muito a ele, que estruturou a rede, com 140 distribuidores exclusivos, e liderou a linha completa de nossos produtos.”

Golfarb diz que não tem dúvidas de que a Ford Caminhões está em boas mãos. “Guy Rodriguez tem experiências locais e globais para tocar o nosso negócio.” Steven Armstrong, presidente da Ford Brasil, complementou: “Agradecemos ao Oswaldo Jardim por toda a sua dedicação, entusiasmo e profissionalismo em sua trajetória de mais de 30 anos na Ford. Ao mesmo tempo, ficamos honrados de ter um profissional como Guy Rodriguez, também de grande experiência.”

A Ford diz que a mudança será efetiva a partir de agosto, mas Jardim revela que já este foi o seu último evento pela empresa.

Assista à entrevista exclusiva com Guy Rodriguez, o novo diretor de operações de caminhões da Ford América do Sul:



Tags: Ford, caminhões, Oswaldo Jardim, Rogelio Golfarb, Guy Rodriguez, Steven Armstrong, Ford Cargo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now