Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Máquinas | 05/11/2013 | 12h27

MWM International fecha contrato de 5 anos com Sany

Acordo prevê fornecimento de 1,2 mil motores para escavadeira de 21 toneladas

REDAÇÃO AB

A fabricante de motores diesel MWM International fechou contrato com a fabricante de máquinas e equipamentos industriais Sany. O acordo prevê o fornecimento de 1,2 mil propulsores em cinco anos, com produção em série prevista para meados de 2014. Os motores vão equipar a escavadeira hidráulica SY215, de 21 toneladas.

Atualmente, o equipamento é montado na fábrica da Sany, em São José dos Campos (SP), com motores importados. Com a parceria, os modelos passarão a utilizar os motores nacionais MaxxForce 6.5I de seis cilindros, com potência de 179 cv.

De acordo com o diretor de vendas e marketing da MWM International, Thomas Püschel, o contrato com a Sany consolida a posição da empresa na atuação direta com o segmento industrial, a linha amarela. “A parceria proporcionará à Sany maior competitividade no mercado brasileiro com o uso de um motor reconhecido no segmento”, diz Püschel.

Recentemente, a fabricante assinou acordo de fornecimento de motores para as retroescavadeiras XCMG que serão nacionalizadas em uma fábrica em Suape (PE, leia aqui).

A Sany produz, além de escavadeiras, máquinas de concreto e equipamentos de pavimentação. Tem cinco fábricas na China, quatro centros de pesquisas e bases de manufatura na Alemanha, Estados Unidos, Índia e Brasil.



Tags: MWM International, Thomas Püschel, Sany, XCMG, SY215, escavadeiras, retroescavadeiras, máquinas industriais, máquinas de concreto, equipamentos de pavimentação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now