Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Conjuntura | 28/02/2014 | 15h36

Confiança do consumidor tem queda de 4,5% em fevereiro

Índice foi divulgado pela CNI

AGÊNCIA BRASIL

O consumidor brasileiro está pessimista, de acordo com o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) de fevereiro, divulgado na sexta feira, 28, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O Inec registrou queda de 4,5% em relação a janeiro, atingindo 108,8 pontos, o menor nível desde junho de 2009. O Inec havia crescido 2,4% em janeiro sobre dezembro.

Segundo a CNI, o resultado de fevereiro demonstra haver "apreensão do consumidor com o ambiente macroeconômico". Todos os seis componentes do Inec registraram recuo tanto na comparação com o mês anterior quanto em relação a fevereiro de 2013. O índice de expectativa do desemprego recuou 11% sobre janeiro, refletindo aumento no percentual dos consumidores que esperam elevação do desemprego nos próximos seis meses.

Com 99,4 pontos, o índice de expectativa da inflação recuou 4% em fevereiro sobre janeiro, no terceiro mês consecutivo de queda. Esse resultado representa, segundo a CNI, "uma crescente preocupação com a evolução futura dos preços".

Também houve queda no índice de expectativa de evolução da renda pessoal, com redução de 3,6% em relação a janeiro, enquanto o índice de situação financeira caiu 3,4%. O índice da perspectiva de endividamento caiu 3,2% em fevereiro, revelando aumento da preocupação com as dívidas pessoais. O indicador mostrou também que diminuiu a quantidade de consumidores dispostos a comprar bens de maior valor, com queda de 3% no indicador na comparação com janeiro.

O Inec foi calculado com base em 2.002 entrevistas feitas pelo Ibope Inteligência entre 13 e 17 de fevereiro.



Tags: confiança do consumidor, CNI, Inec, economia.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now