Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia | 28/03/2014 | 18h08

Intec Bielenberg quer ganhar espaço na armação de veículos

Empresa é especializada em equipamentos para colagem de partes metálicas

PAULO RICARDO BRAGA, AB

A solda deve perder espaço para a colagem no setor de armação de carroceria dos veículos na indústria automobilística, onde ocorre a junção de partes metálicas. “Essa é uma tendência irreversível, apoiada na eficiência de novos processos e sistemas de aplicação de adesivos”, garante Ricardo Grechi, gerente de vendas da Intec Bielenberg, empresa do Grupo Eisenmann, com sede na Alemanha. O executivo tem a missão, desde meados de 2013, de promover a marca no Brasil e ganhar espaço em mercado dominado hoje pela SCA e Dürr. A seu favor ele tem a tradição da Intec Bielenberg no mercado internacional e conta com o fato de ter seus equipamentos já homologados pelas matrizes de grande parte das montadoras presentes no País, como Volkswagen e BMW.

A aplicação de adesivos e materiais de natureza semelhante estende-se também à colagem de vidros e utilização em isolamento acústico, vedações, anéis de vedação de motores e também em aplicações em PVC. Grechi explica que o processo de manufatura usualmente é detido pela montadora, que o coloca em operação por meio integradores de processos automatizados. SCA, Dürr e Intec podem fornecer os equipamentos. Já a cola em si é adquirida de fabricantes como Henkel, Basf, DuPont, Dow, PPG e Sika. Os adesivos, fornecidos em bombas, são dosados com alta precisão e aplicados com tolerância de 0,5% de desvio nominal.

“O mesmo processo é aplicado também à junção de partes de fibra de carbono”, diz Grechi, esclarecendo que nesse caso é preciso combinar dois tipos diferentes de adesivo antes da aplicação.

Ele está em contato com diversas montadoras brasileiras para a adoção de sua linha de equipamentos, que já está presente em fábricas na Alemanha, México, China, Estados Unidos, África do Sul, Índia e Rússia. Entre seus clientes potenciais estão também montadoras de máquinas agrícolas, que utilizam muitas vezes processos com baixo nível de automação, e empresas de autopeças.



Tags: Intec, Eisemann, SCA, Dürr, Kuka, Inpro, Wetro, Siemens.

Comentários

  • Miguel Sepulveda

    Olá Ricardinho! Muito boa a matéria, vamos ver se podemos trabalhar juntos nestas ilhas de aplicação de cola

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now