Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 22/10/2014 | 11h56

Busscar terá bens leiloados no fim de novembro

Ativos das empresas do grupo estão avaliados em R$ 489 milhões

REDAÇÃO AB

Será realizado em 26 de novembro o leilão dos bens do grupo Busscar, fabricante de carrocerias que teve falência decretada em setembro. Os ativos das oito empresas da holding estão avaliados em R$ 489 milhões. O valor arrecadado servirá para abater as dívidas, que chegam a R$ 1,6 bilhão.

De acordo com a Superbid, empresa encarregada do leilão, a Busscar Ônibus, maior empresa do grupo, faturava no seu auge (em 2008) cerca de R$ 685 milhões e empregava mais de 5 mil funcionários. O parque fabril tem capacidade para produzir 42 carrocerias por dia e está avaliado em R$ 369 milhões.

A segunda maior empresa do grupo é a Tecnofibras, avaliada em aproximadamente R$ 74 milhões e ainda em operação. A companhia fabrica peças para carroceria de plástico reforçado com fibra de vidro. Em 2013 faturou aproximadamente R$ 81 milhões e emprega hoje 400 funcionários.

Também estarão à venda bens da empresa de climatização Climabuss, avaliados em R$ 5 milhões, ativos não operacionais do grupo (R$ 40 milhões) e participação minoritária na companhia Busscar Colômbia (R$ 1 milhão), que tem operação independente.

Ainda de acordo com a Superbid, primeiro serão abertas as propostas para compra englobada. Se não houver tentativas válidas para a aquisição do conjunto serão analisadas as propostas para a compra dos lotes compostos no edital. Segundo o administrador da falência, Rainoldo Uessler, o objetivo é maximizar o valor de venda e permitir que as empresas do grupo sejam reativadas.

O leilão será realizado por carta fechada. Os interessados devem entregar as propostas até o dia 25 de novembro, às 19 horas, no gabinete da 5ª vara Cível da comarca de Joinville (SC). A abertura das cartas será feita no dia 26 de novembro, às 13 horas, seguida de leilão entre os responsáveis pelas maiores ofertas.

A quantia mínima é de 60% do valor de avaliação dos ativos. Para a compra isolada da participação acionária da Busscar Colômbia e das ações e títulos da Busscar Ônibus será aceito apenas pagamento à vista.



Tags: Busscar, falência, Superbid, ônibus, Tecnofibras, Climabuss, Rainoldo Uessler.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now