Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 21/01/2015 | 16h23

Scania vende 54 chassis de ônibus ao Equador

Veículos encarroçados pela Marcopolo farão trajeto entre Quito e Guayaquil

REDAÇÃO AB

A Scania vendeu 54 chassis de ônibus K410 IB6X2 para a Cooperativa de Transporte Ecuador. O negócio irá representar a substituição de 100% da frota que opera entre as cidades de Quito, capital do Equador, e Guayaquil, um polo econômico do país.

“A partir da necessidade do cliente, baseada nas condições geográficas do percurso (mais de 400 quilômetros e variação de altitude de 3 mil metros), a Scania desenvolveu uma solução capaz de oferecer eficiência, redução da emissão de gás carbônico e melhora na rentabilidade da operação”, afirma o gerente comercial da montadora para América Latina, Alexandre Paschoaletti.

Os ônibus têm carroceria Marcopolo double decker para 60 passageiros, em poltronas semileito, e começam a rodar em fevereiro. A negociação foi conduzida em parceria com a Scaneq, distribuidora do Equador. “Temos oficinas em Quito e em Guayaquil, o que garante agilidade em manutenção”, afirma gerente de vendas da Scaneq, Luis Gordillo.

Os chassis 54 chassis têm três eixos, medem 14 metros e utilizam motor Scania DC13 107 turbodiesel de seis cilindros em linha e 13 litros, que produz 410 cavalos. A transmissão automatizada também é Scania e tem oito marchas.



Tags: Scania, chassis, ônibus, K410 IB6X2, Alexandre Paschoaletti, Marcopolo, semileito, Scaneq, Luis Gordillo.

Comentários

  • edson

    Poxa a scania tem a melhor tecnologia que já vi, que pena que na minha cidade não tem um onibus urbano com a marca scania Fortaleza precisa deses onibus super poderosos e econômicos scania venha para o ceara com onibus urbano ?

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now