Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Randon fecha 2014 com lucro líquido 14,1% menor

Balanço | 12/03/2015 | 13h39

Randon fecha 2014 com lucro líquido 14,1% menor

Com mercado doméstico difícil, faturamento cai 11,2% sobre 2013

REDAÇÃO AB

A Randon fecha 2014 com lucro líquido 14,1% menor do que o verificado no ano anterior, conforme dados de seu balanço financeiro divulgado na quinta-feira, 12. O relatório mostra que em 2013, enquanto a fabricante de implementos rodoviários lucrou R$ 235 milhões, os ganhos diminuíram para R$ 201,9 milhões no ano passado.

A margem do lucro líquido diminuiu 0,2 pontos porcentuais, de 5,5% em 2013 para 5,3% em 2014. Na mesma base de comparação, o faturamento líquido caiu 11,2%, para R$ 3,8 bilhões, e o Ebitda (lucro antes de juros, impostos e depreciação de ativos) recuou 13%, passando de R$ 563,8 milhões para R$ 490,4 milhões.

“Foi um ano para testar os planos contingenciais”, analisa o presidente David Abramo Randon. “Conseguimos bons resultados, mas é preciso reconhecer que a tempestade não encerrou neste ciclo e 2015 nos desafia a enfrentá-lo com as armas da excelência, utilizando a gestão séria e comprometida com a administração de custos, correta alocação dos ativos e com a busca do crescimento sustentável”, enfatiza.

Para o diretor financeiro e de relações com investidores, Geraldo Santa Catharina, os resultados foram diretamente impactados, ainda, pelas definições tardias quanto às novas regras do Finame PSI no primeiro e no último trimestre de 2014. Por outro lado, a safra agrícola permanece como fator, em parte, confortante, para as vendas de caminhões e implementos rodoviários. “O otimismo no campo é um fato altamente positivo para as Empresas Randon, que fornecem equipamentos e autopeças para todas as montadoras”. O executivo acrescenta que o destaque fica por conta do segmento ferroviário, o qual apresentou a melhor performance em 2014 com vendas de 1.356 unidades, sinalizando expectativas favoráveis para este ano.

Já nas vendas externas, embora a desvalorização do real frente ao dólar tenha criado condições favoráveis às exportações em 2014, os recessos nas principais economias em que as Empresas Randon atuam barraram o crescimento esperado para o período em diversas frentes. A empresa registrou queda de 20,7% nas vendas externas em 2014 sobre 2013, para US$ 191,6 milhões, com uma participação de 11,9% do faturamento líquido.

“Eficiência na produção e na administração de recursos será de extrema importância e para isso precisamos estar permanentemente atentos”, aponta Randon.

Em 2014, a Randon investiu R$ 124,3 milhões, 56,7% a menos do que os recursos aplicados no ano anterior, que somaram R$ 287,6 milhões. O aporte foi direcionado, entre outros, para a nova fábrica de veículos rebocados e vagões ferroviários em Araraquara (SP), que deverá iniciar suas operações em 2016.



Tags: Randon, balanço, lucro líquido, faturamento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now