Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 08/06/2015 | 19h19

Máquinas agrícolas já recuaram 25,2% no ano

Com 4,1 mil unidades, maio foi o pior para este mês desde 2009

MARIO CURCIO, AB

A venda de máquinas agrícolas em maio somou 4,1 mil unidades, o pior resultado para este mês desde 2009. No acumulado dos cinco primeiros meses foram 20,3 mil itens, queda de 25,2% ante o mesmo período do ano passado. Os números foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

- Veja aqui os números da Anfavea

“Apesar de dados positivos como o PIB agrícola, vivemos uma crise de confiança”, afirma a vice-presidente da Anfavea, Ana Helena de Andrade, que espera a definição do Plano Safra e sua entrada em vigor em julho. Por ainda aguardar os desdobramentos do plano, a Anfavea não revisou para baixo as projeções do setor de máquinas, diferentemente do que fez para outros segmentos (leia aqui).

Nos primeiros cinco meses, a venda de colheitadeiras somou pouco mais de 1,6 mil unidades, resultando em queda de 35,2% ante os mesmos meses de 2014. Com 17 mil unidades, os tratores de rodas recuaram 22,2%. “O segundo semestre é historicamente melhor que o primeiro”, recorda a executiva. E outubro é marcado pelo início das vendas de colheitadeiras.

A produção no período até maio totalizou 26,6 mil máquinas agrícolas, resultando em queda de 23%. “As fábricas tiveram de se ajustar à queda na demanda”, recorda a vice-presidente da Anfavea. A fabricação de colheitadeiras recuou 40,7% e a de tratores de rodas, em 22,8%.

As exportações somaram 4,3 mil equipamentos de janeiro a maio, resultando em queda de 20,2%. O menor recuo registrado foi nos tratores de rodas, 14,1%. O embarque mais afetado foi o dos tratores de esteiras, queda de 60,7%.



Tags: Máquinas agrícolas, colheitadeiras, tratores de rodas, Ana Helena de Andrade.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

Mobility Now

ABTV

Mobility Now