Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Cresce conteúdo argentino do Focus
Guy Rodriguez é diretor de marketing, vendas e serviços da Ford Brasil (foto: Mário Curcio)

Indústria | 22/06/2015 | 23h59

Cresce conteúdo argentino do Focus

Guy Rodriguez revela parte do trabalho realizado pela engenharia Ford

MÁRIO CURCIO, AB | De Aquiraz (CE)

Durante a apresentação do Focus 2016 (leia aqui), Automotive Business entrevistou o diretor de marketing, vendas e serviços da Ford Brasil, Guy Rodriguez. O executivo evitou arriscar números, mas falou do início da produção do novo carro na Argentina.

“Só foi possível manter o preço de entrada (R$ 69,9 mil) por causa do aumento de conteúdo local e da maior eficiência da engenharia. Algumas das reduções de custo foram programadas durante a produção da geração anterior. Observamos o que poderia ser mudado e aplicamos na geração atual”, afirma Rodriguez.

Parte dessa localização ocorreu com várias peças da carroceria, que antes vinham da Europa e agora são estampadas no país vizinho. Xeretando no carro, porém, ainda é possível achar componentes de vários lugares, como cintos de segurança da República Tcheca, pneus Pirelli argentinos e Michelin franceses, mais estepe temporário Maxxis taiwanês: “Como é carro global, posso ver uma lista de peças do mundo inteiro e escolher o que é melhor para nós”, diz Rodriguez. Sobre os pneus franceses, ele garante que serão trocados por Michelin locais.

O executivo garante que o novo carro fabricado em Pacheco tem mais itens argentinos e brasileiros, mas não pode revelar quais são por questões estratégicas. O Ford Focus é o segundo hatch médio mais vendido no Brasil. O primeiro é o Punto e o terceiro, o VW Golf, que volta a ser montado em São José dos Pinhais (PR) no segundo semestre. Isso deve resultar em aumento de vendas e maior pressão sobre a marca do oval azul.



Tags: Guy Rodriguez, Ford, Focus, Golf, carroceria.

Comentários

  • Julian Semple

    Apesar da FENABRAVE classificar o Punto como Hatch Médio, eu não vejo o Punto como concorrente do Focus. O Punto tem entre-eixos de 2,51m que encaixa no segmento B, enquanto que o Focus tem entre-eixo de 2,64m, sendo do segmento C.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now