Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Aftermarket | 21/03/2016 | 17h38

Honeywell avança com programa de turbos remanufaturados

Empresa estima a venda de 12 mil unidades neste ano na América do Sul

REDAÇÃO AB

A Honeywell avança na América Latina com seu programa de turbos remanufaturados, o Reman Original Garret, que recupera turbocompressores usados com a substituição de peças desgastadas por componentes novos, totalmente reformados pela própria fábrica.

Uma campanha para divulgar o produto está percorrendo a rede de distribuição, pontos de vendas autorizados e de serviços cujo mote é “Por que Arriscar?”, que alerta sobre a importância de instalar turbos remanufaturados com certificação de origem e sobre os riscos ao optar pelos recondicionados oferecidos no mercado, geralmente mais baratos e sem procedência identificada.

Lançada no ano passado no Brasil (leia aqui), a linha oferece turbos usados montados e testados com os mesmos procedimentos técnicos dos originais fornecidos às montadoras. Eles também recebem a mesma garantia de fábrica de um turbo zero-quilômetro (um ano sem limite de quilometragem) e são repassados para o mercado de reposição por um valor abaixo de um novo.

“Nosso programa tem o objetivo de facilitar o acesso dos transportadores a um produto de qualidade, garantido pela fábrica e com preço reduzido, evitando que os caminhões fiquem parados”, afirma Eric Fraysse, vice-presidente mundial da Honeywell para o mercado de reposição, que neste mês esteve no Brasil e em outros países da região para promover a campanha do Reman Original Garret.

O executivo considera que o programa se enquadra perfeitamente ao momento atual de retração da economia, fortemente refletida no setor automotivo brasileiro, principalmente no segmento de veículos comerciais pesados. Ele acrescenta que a instabilidade econômica atual reduz o volume de vendas de caminhões e ônibus, mas que o mercado brasileiro é muito forte e que a Honeywell pretende contribuir para a sua retomada.

“Esperamos atingir volume superior a 12 mil turbos Garrett até dezembro e ampliar gradativamente as vendas nos próximos anos”, revela Fraysse.

O programa sul-americano é exatamente igual ao lançado na Europa há dois anos. Os turbos usados são recolhidos pela rede de vendas e serviços e levados à fábrica, no caso do Brasil, em Guarulhos (SP), onde serão submetidos a uma rigorosa avaliação técnica. A partir dela serão substituídas as peças consideradas desgastadas por componentes novos e originais, como rotores, atuadores, sistemas de mancais, anéis de pistão, de vedação e de retenção, entre outros. Também são submetidos aos processos de balanceamento e de calibração com as mesmas especificações dos componentes originais e na mesma linha de montagem. Eles também serão atualizados em termos de componentes, conforme a evolução técnica dos produtos.

O turbo remanufaturado pela fábrica tem os mesmos níveis de durabilidade e eficiência e também entrega o mesmo desempenho ao veículo quando comparado a um turbo novo.



Tags: Honeywell, turbo, remanufatura, remanufaturado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now