Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 01/04/2016 | 19h12

Vendas da Harley têm queda de quase 40%

Fabricante vive momento oposto ao de BMW, Triumph e Ducati

MÁRIO CURCIO, AB

A Harley-Davidson teve 924 unidades emplacadas neste primeiro trimestre, registrando queda de 38,9% no confronto com o mesmo período do ano passado. Das fabricantes com produção regular e tradição em alta cilindrada, a Harley foi a que teve a retração mais significativa no período. Ela ocupa hoje o 13º lugar do ranking das fabricantes. Um ano atrás estava na nona posição.

Com 1,4 mil motocicletas no primeiro trimestre, a Kawasaki também anotou queda, mas menos acentuada, de 8,6%. Outras empresas com tradição em motos grandes encontraram espaço para crescer no trimestre. A BMW teve 1.867 unidades e alta de 3,7%.

A Triumph registrou 923 licenciamentos e acréscimo de 4,5%. Embora com menor volume, a Ducati registrou alta importante de 24,6% com suas 273 unidades emplacadas. O crescimento da italiana foi motivado por lançamentos feitos no Salão Duas Rodas (veja aqui).



Tags: Harley-Davidson, BMW, Ducati, Triumph, Kawasaki, Salão Duas Rodas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now