Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia | 16/12/2016 | 19h02

Para brasileiro, carro do futuro é elétrico

Ipsos divulga resultado de levantamento feito durante o salão do automóvel

REDAÇÃO AB

Na visão do consumidor brasileiro o carro do futuro será elétrico. Ao menos esta foi a aposta de 40% dos entrevistados pelo Instituto Ipsos, voltado a inteligência de mercado. A organização fez a pesquisa com 297 visitantes do Salão do Automóvel de São Paulo, que aconteceu entre 10 e 20 de novembro.

Além do carro elétrico, outra aposta é em eficiência energética, com 30% dos participantes indicando que o modelo do futuro será econômico. A conectividade é a terceira característica mais citada pelos entrevistados da pesquisa: 15% destacaram que esta será a principal revolução.

Só 10% dos participantes apontaram a condução autônoma como o recurso mais relevante destes modelos. O resultado surpreende, já que a os veículos autoguiados são a grande promessa tecnológica da indústria automotiva para os próximos anos.



Tags: carro do futuro, Ipsos, tecnologia.

Comentários

  • Henrique

    Espero que isso se transforme em regras de emissões mais rígidas para acompanhar o desejo da população. Impressionante a inépcia do governo em atualizar nossa frota. O atraso de 15 anos continua...

  • Alexandre Ferreira

    Bom dia; É uma boa noticia, precisamos melhorar a frota de veículos que estão circulando pelas ruas. Mas o país, ainda não esta preparado para uma tecnologia avançada, não é simples assim, criar um modelo de automóvel elétrico, autônomo, se você não tem condições de manter e muito menos de comprar. Obrigado.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now