Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Transportes | 18/01/2017 | 15h30

Refrota já tem autorização para financiar os 100 primeiros ônibus

Programa tem R$ 3 bilhões disponíveis e prevê a compra de 10 mil veículos

REDAÇÃO AB

O Refrota – Programa de Renovação de Frota do Transporte Público – lançado no fim de 2016 (leia aqui) iniciou as ações de operações por meio da Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana (Semob), vinculada ao Ministério das Cidades, autorizando a contratação para o financiamento dos 100 primeiros ônibus.

Para o programa, serão disponíveis recursos no total de R$ 3 bilhões oriundos do FGTS, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

“A meta é financiar 10 mil ônibus”, disse o secretário nacional de Mobilidade Urbana, José Roberto Generoso, durante reunião realizada na terça-feira, 17, entre o ministério e representantes do setor de transportes urbanos: Anfavea, associação das montadoras, Anef, associação dos bancos de montadoras, NTU, associação das empresas de transporte urbano e representantes da Caixa Econômica Federal.

“Cada ônibus novo gera cinco empregos diretos. O Refrota nos traz grandes expectativas. Será uma melhora significativa para a mobilidade”, disse o presidente da NTU, Otavio Cunha.

Para efetivar o Refrota, o ministério intensificou a interlocução com a Caixa Econômica, a fim de assegurar os recursos estejam acessíveis e nas mãos da indústria. “Vocês construíram um produto que tem condições de decolar. Vamos estreitar nossa relação com o setor dos transportes urbanos, conhecer melhor esse arranjo e garantir um consumo qualificado”, comentou o vice-presidente da Caixa, Roberto Derziê.

A próxima reunião para avaliação coletiva e monitoramento do Refrota está marcada para o dia 16 de março.



Tags: Refrota, renovação de frota, ônibus, transporte público.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now