Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Cummins ReCon comemora 30 anos de atuação no Brasil

Autopeças | 14/12/2020 | 20h10

Cummins ReCon comemora 30 anos de atuação no Brasil

Além das três décadas de atuação no País, ReCon comemora crescimento de 90% nas vendas nos últimos cinco anos

REDAÇÃO AB

A ReCon é a divisão de produtos remanufaturados da Cummins, que está celebrando 30 anos de atuação no mercado brasileiro de peças de reposição, assim como o crescimento acumulado de vendas, que alcançou a impressionante marca de 90% nos últimos cinco anos.

No momento em que comemora uma data tão importante, vale lembrar que a Cummins iniciou a produção dos remanufaturados ReCon no Brasil em 1990 com apenas um modelo de componente, o cabeço do motor N na fábrica localizada em Guarulhos (SP). Hoje, passadas três décadas, a divisão comercializa aproximadamente 45 mil peças/ano, incluindo motores, cabeçotes, injetores, módulos eletrônicos, bombas de água etc. Essas vendas correspondem a cerca de 15% do faturamento da área de peças de reposição da Cummins. Além do Brasil, Estados Unidos, México e Índia possuem fábricas de remanufatura, formando uma equipe global com mais de 1,7 mil colaboradores.

“O processo de remanufatura da Cummins é de grande valor não apenas para os clientes, mas também para o País, por contribuir com a economia circular”, afirmou Glaucio Soares, líder de operação de manufatura da ReCon no Brasil. Além disso, a prática mostra o comprometimento da empresa com a sustentabilidade. “O processo demanda 85% menos energia elétrica se comparado à fabricação de um produto novo e utiliza tecnologia que garante um alto reaproveitamento de materiais”, explicou Soares. De acordo com a fabricante, as operações da ReCon no mundo evitam a emissão de 90 mil toneladas de gases de efeito estufa por ano.

Os motores e componentes produzidos pela ReCon proporcionam desempenho similar ao dos produtos novos, e contam com garantia de 12 meses com cobertura da Cummins em todo o País. O custo de manutenção (quando necessária) é 20% a 30% inferior que o de um modelo novo, e o tempo que o veículo fica parado é 60% menor do que em uma reforma convencional, de acordo com a fabricante.



Tags: Autopeças, Cummins, ReCon, remanufaturados, motores, cabeçotes, reposição, Glaucio Soares.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

Mobility Now

ABTV

Mobility Now