Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Daimler Truck e Linde desenvolvem sistema de abastecimento de hidrogênio
O Mercedes-Benz GenH2 deve estrear a nova tecnologia de reabastecimento com hidrogênio líquido em 2023

Energia | 16/12/2020 | 14h47

Daimler Truck e Linde desenvolvem sistema de abastecimento de hidrogênio

Parceria pretende tornar mais prático e rápido o reabastecimento de caminhões elétricos com células de combustível

REDAÇÃO AB

A Daimler Truck e a Linde, empresa que atua na produção de gases industriais e de engenharia, anunciaram uma parceria para o desenvolvimento da próxima geração da tecnologia de abastecimento de hidrogênio líquido para caminhões elétricos alimentados por células de combustível, que deve tornar o processo de reabastecimento mais simples e prático, além de proporcionar maior rapidez e autonomia ao veículo.

A ideia é que o primeiro reabastecimento seja feito em um veículo protótipo na Alemanha em 2023 e as duas empresas planejam oferecer o máximo de transparência em relação às tecnologias desenvolvidas, a fim de permitir que o maior número possível de empresas passe a desenvolver suas próprias tecnologias de reabastecimento, popularizando o sistema.

“Nós buscamos implementar nossa visão de transportes livres de emissões de CO2 no futuro e a célula de combustível à base de hidrogênio é uma tecnologia chave, de importância estratégica nesse contexto”, afirmou Sven Ennerst, membro de conselho de administração da Daimler Truck AG. “Com nossa colaboração com a Linde, que entra como especialista em tecnologia de reabastecimento de hidrogênio, queremos aumentar a viabilidade e a aceitação na indústria de caminhões com células de combustível com base no hidrogênio. O novo processo pode aumentar ainda mais as inúmeras vantagens que o hidrogênio líquido oferece”, finalizou.

MERCEDES-BENZ GENH2 TRUCK VAI USAR O SISTEMA



O caminhão conceito Mercedes-Benz GenH2 Truck apresentado em setembro passado será o primeiro a utilizar a nova tecnologia de reabastecimento, em testes que o modelo deverá realizar com clientes potenciais em 2023. A produção em série do GenH2 Truck deve começar na segunda metade da década, e graças ao uso do hidrogênio líquido, em vez do gasoso, é esperado que o desempenho do futuro caminhão se iguale ao de modelos equivalentes movidos a diesel.

A Daimler Truck aposta no hidrogênio líquido (LH2) pois afirma que nesse estado a transmissão de energia possui densidade muito maior em relação ao volume do que o hidrogênio gasoso. Isso permite que o caminhão movido a célula de combustível com LH2 utilize tanques menores e bem mais leves, o que se traduz em maior capacidade de carga.



Tags: Elétricos, Daimler Truck, Linde, Mercedes-Benz, GenH2, célula de combustível, hidrogênio líquido, reabastecimento, Sven Ennerst.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now