Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
No setor automotivo, mulheres são as mais afetadas pelos efeitos da pandemia

Trabalho | 17/12/2020 | 19h34

No setor automotivo, mulheres são as mais afetadas pelos efeitos da pandemia

Pesquisa de AB em parceria com MHD Consultoria apura que elas enfrentam sobrecarga e têm maior receio de perder o emprego

NATÁLIA SCARABOTTO, PARA AB

A nova realidade imposta pela pandemia de Covid-19 impactou a qualidade de vida dos colaboradores do setor automotivo, sobretudo das mulheres. Elas estão mais ansiosas, esgotadas e se sentem mais inseguras em relação aos seus empregos do que os homens, de acordo com a pesquisa Pandemia no Setor Automotivo: Trabalho e Sentimento, realizada por Automotive Business e MHD Consultoria.



- Faça aqui o download do relatório da pesquisa Pandemia no Setor Automotivo: Trabalho e Sentimento



O estudo foi respondido por um total de 754 profissionais que trabalham no setor automotivo. Durante o distanciamento social, as profissionais que atuam no segmento apontaram que a ansiedade foi a sensação mais prejudicial: 92% relataram terem lidado com este sentimento e 85% sentiram esgotamento mental. Nos homens, os mesmos sintomas foram vivenciados por 81% e 65% dos respondentes, respectivamente.

JORNADA DUPLA



A pesquisa aponta que uma das prováveis causas dessa diferença está relacionada com a dupla jornada de trabalho. Isso porque 37% das mulheres são responsáveis por todo ou pela maior parte do trabalho doméstico em suas casas, enquanto apenas 11% dos homens afirmam ter a responsabilidade pela principal parcela das tarefas domésticas e familiares.

Para agravar a situação, as mulheres foram as que mais fizeram home office integral, cerca de 13 pontos a mais que os homens. Assim, elas passaram mais tempo dentro de casa em isolamento social e com a jornada de trabalho intensificada pelo acúmulo das tarefas de casa.

Outro ponto relevante é que as colaboradoras do setor automotivo são as que mais convivem mais com pessoas do grupo de risco da Covid-19 (pessoas com mais de 60 anos), o que ajuda a entender também a adoção mais ampla do home office por elas. Os homens, no entanto, convivem mais com filhos que dependem deles (com idade de até 15 anos).

O FUTURO PÓS-PANDEMIA



Em relação ao futuro pós-pandemia, homens e mulheres acreditam que será um período de incerteza, esperança e mudança. Parte dos homens é mais otimista ao apostar que será uma fase de oportunidades.

Em relação ao trabalho, 51% das mulheres têm medo de perder o emprego, preocupação que atinge porcentual bem menor de homens, 41%. As mulheres se dizem mais preocupadas em terem promoções adiadas, aumento da cobrança e do estresse no trabalho e de voltar à jornada presencial em tempo integral. Os homens compartilham das duas primeiras preocupações, mas de forma mais branda, além de terem preocupação mais acentuada com a redução da remuneração.

A PESQUISA



A pesquisa “A Pandemia no Setor Automotivo: Trabalho e Sentimento” foi respondida por 754 profissionais de todas as áreas do setor, sendo a 41% de funcionários de empresas de autopeças e 21% de montadoras. O perfil da amostragem é dividido entre 74% de homens e 26% de mulheres.

Foram ouvidas também 76 empresas. Parte das respostas de colaboradores e das empresas foram cruzadas a fim de obter uma visão mais ampla do setor durante a pandemia. A pesquisa abordou questões sobre rotina de trabalho, cuidado e acolhimento, qualidade de vida e perspectivas e oportunidades durante a pandemia.



Tags: pandemia, mulheres, trabalho, sentimento, diversidade, sobrecarga, ansiedade.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now