Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Consórcios registram aumento de 4,9% na venda de novas cotas no ano

Crédito | 17/12/2020 | 21h06

Consórcios registram aumento de 4,9% na venda de novas cotas no ano

Modalidade representou 20,4% dos financiamentos no ano; crédito disponibilizado subiu 10,2%

REDAÇÃO AB

A venda de novas cotas de consórcio no setor de veículos (leves, pesados e motocicletas) apresentou pequena alta, de 1,2% no período de janeiro a novembro, de acordo com o balanço mensal da Abac (Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios). São 2,27 milhões de novos consorciados em 2020, contra 2,23 milhões registrados no mesmo período do ano passado.

Já o número de consorciados ativos teve aumento um pouco maior, de 3,4%, correspondente aos 6,4 milhões deste ano, contra 6,2 milhões em 2019. O valor total de crédito disponibilizado no período foi de R$ 34,3 bilhões, ou 10,2% a mais que os R$ 31,1 bilhões de 2019. “Os volumes alcançados nos onze meses sinalizam um final de ano surpreendentemente positivo”, declarou Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da Abac.

O desempenho por segmento mostrou o de veículos leves – que inclui automóveis de passeio e utilitários – com alta de 4,3% na venda de novas cotas, que somam 1,2 milhão neste ano, contra 1,16 milhão em 2019. O número de consorciados também aumentou (2,7%), com 3,9 milhões de participantes em 2020, frente aos 3,7 milhões do ano passado. Da mesma forma, o valor médio da cota no mês apresentou avanço de 11,7% em relação ao de novembro de 2019, passando de R$ 44,1 mil para R$ 49,3 mil.

O segmento de pesados, de maneira geral, também apresentou crescimento. O número de participantes ativos, por exemplo, saltou 11%, dos 335 mil consorciados do ano passado para 371,9 mil neste ano, o maior número nos últimos quinze anos. Por reunir atividades como agronegócio e transporte, o segmento de pesados deve seguir aquecido, estimulado pela previsão de novo recorde para a safra 2020/2021, com quase 270 milhões de toneladas de grãos, feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). As vendas de novas cotas de pesados teve aumento de 17,9%, passando de 86,3 mil em 2019 para 101,7 mil este ano.

Também houve elevação no segmento de motocicletas, com o número de consorciados passando de 2,17 milhões no ano passado para 2,2 milhões em 2020, ou 3,2% a mais. Já o valor médio da cota aumentou 13,1%, saltando de R$ 12,9 mil há um ano para R$ 14,6 mil em novembro de 2020. Em compensação, houve retração de 2,3% na venda de novas cotas, que passou de 977,8 mil entre janeiro e novembro de 2019 para 955,5 mil no mesmo período deste ano.



Tags: Crédito, consórcios, Abac, mercado, consumidor, automóveis leves, utilitários, motocicletas, veículos pesados, Paulo Roberto Rossi.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now