Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 04/02/2021 | 20h00

Caoa Chery contrata 150 para aumentar produção em Anápolis

Contratações fazem parte de um plano iniciado em 2020 pela montadora, que inclui investimento de R$ 1,5 bilhão

REDAÇÃO AB

A Caoa Chery anunciou a criação de 150 novos postos de trabalho na fábrica de Anápolis (GO). As contratações têm como objetivo acompanhar o crescimento de vendas da marca. Entre os novos funcionários estão montadores de veículos, operadores de produção e auxiliares de logística, que já iniciaram suas atividades. O aumento do quadro de funcionários já estava previsto desde o ano passado.





“Essas novas vagas fazem parte de um grande plano que iniciamos em 2020 para a planta de Anápolis, que inclui um investimento de R$ 1,5 bilhão. Temos muito orgulho, como uma montadora 100% nacional, em seguir investindo no Brasil. Escolhemos acreditar no País e na sua capacidade de recuperação”, afirma o chairman da Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade.



Com mais de 20 mil unidades comercializadas em 2020 e 1,03% de market share, a Caoa Chery manteve seu volume de vendas do ano anterior. O carro mais vendido da marca no ano passado foi o Tiggo 5X. Com 8.769 unidades comercializadas no período, o modelo ficou na 15ª colocação do ranking de utilitários esportivos da Fenabrave.

A planta de Anápolis é responsável, atualmente, pela produção de três SUVs do portfólio da Caoa Chery: Tiggo 5X, Tiggo 7 e Tiggo 8. Também fabrica, sob licença, os Hyundai Tucson, ix35 e New Tucson, além dos caminhões HR e HD 80.



Tags: Caoa Chery, emprego, contratação, SUV, Anápolis, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, produção.

Comentários

  • JefersonNeu

    Investimentozero na unidade Jacareí. Impressão que a Caoa comprou o negócio da Chery só para ocupar parte da capacidade ociosa da fábrica de Anápolis.

  • ItamarDagoberto Chewanko

    Aplanta de Jacareí foi construída com capacidade para produzir 150.000 veículos/ano, atualmente a CAOA realiza a montagem do Tiggo 2 e do Arrizo 5 que possuem plataformas oriundas da época da Chery. Mesmo com o mercado de sedans em retração, a CAOA investiu em um novo modelo para o segmento, o Arrizo 6 para a fábrica de Jacareí, produto que está tendo boa aceitação no mercado e atingiu a quinta colocação do segmento no mês de Janeiro/2021. No entanto, mesmo com as boas vendas do Tiggo 2 e do Arrizo 6 (os 3 modelos venderam pouco mais de 7.000 unidades em 2020), o volume não ocupa a capacidade já disponível de pessoal, na verdade, existe excesso de mão de obra para a atual demanda da unidade. Por acordo com o sindicato da região, os postos estão sendo mantidos, mesmo que esteja sendo desvantajoso para a CAOA. Pode ter certeza, a falta de investimento na unidade não é por falta de vontade da CAOA, é por falta de mercado mesmo no momento. Certamente a CAOA deve ter projetos para a planta de Jacareí, mas só deverá divulgar quando for do seu interesse estratégico.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now