Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Primeiro ônibus rodoviário a gás do País vai entrar em operação
Ideia é que esse seja o primeiro de vários ônibus rodoviários movidos a gás no Brasil

Lançamentos | 05/02/2021 | 18h07

Primeiro ônibus rodoviário a gás do País vai entrar em operação

Modelo tem chassi Scania, carroceria Marcopolo, e será usado pela Turis Silva para atender a Gerdau no RS

REDAÇÃO AB

O primeiro ônibus rodoviário para fretamento movido a gás natural (GNV) ou biometano foi apresentado na sexta-feira, 5. O veículo será utilizado pela empresa Turis Silva no transporte dos colaboradores da usina de aços especiais da Gerdau em Charqueadas (RS) e só depende da finalização do processo de certificação e homologação para entrar em operação, o que deve ocorrer até abril.





O veículo será avaliado pela Turis Silva, que incorporou o ônibus a gás à sua frota atendendo solicitação da Gerdau, dentro de seu projeto de reduzir a emissão de carbono de suas operações e de toda a sua cadeia de fornecedores. A ideia é adquirir mais modelos a gás, já que o frotista renovou o contrato para transportar os colaboradores da Gerdau por mais dez anos. O novo ônibus vai rodar em uma rota única, de aproximadamente 190 km entre Porto Alegre, Charqueadas e São Jerônimo, reabastecendo apenas uma vez ao dia, na garagem da transportadora.

MOTOR MAIS LIMPO E SILENCIOSO



“Estamos muito animados para esta operação pioneira; não dará mais para continuar tendo o diesel como matriz única”, afirmou Jaime Silva, fundador e proprietário da Turis Silva Transportes. “Crescem a cada dia os pedidos de contratantes para termos produtos mais verdes, e a sustentabilidade é um caminho sem volta. Tenho convicção que será o primeiro de muitos ônibus a gás para fretamento”, disse.

O ônibus Scania K 320 4x2 tem motor traseiro a gás de 320 cavalos, com padrão de emissões Euro 6. Pode ser abastecido com gás natural mineral, biometano ou a mistura de ambos. Seu desempenho, de acordo com a montadora, é similar ao de um modelo a diesel, mas é mais silencioso. O veículo possui reservatório de oito cilindros, que proporcionam autonomia para 300 km e, caso o cliente deseje, podem ser instalados mais cilindros sem grandes alterações na carroceria.

A carroceria Marcopolo Paradiso New G7 1050 do novo ônibus rodoviário a gás conta com algumas das soluções Biosafe da encarroçadora gaúcha, conjunto de equipamentos que aumentam a proteção dos passageiros ajudando a evitar o contágio por vírus e bactérias, como sanitário e sistema de ar-condicionado com lâmpadas UV-C para desinfecção, cortinas com material antimicrobiano e dispenser de álcool em gel no acesso ao veículo. A capacidade é para 44 passageiros.



Tags: Lançamentos, Scania, Marcopolo, Gerdau, Turis Silva, ônibus, gás natural, fretamento, Fábio D'Angelo, Jaime Silva.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now