Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Aftermarket | 08/02/2021 | 16h30

Volvo Cars escolhe DHL para gestão logística de peças de reposição no Brasil

Operadora realizará coleta e transporte de componentes por vias rodoviária e aérea para as 36 concessionárias da marca

REDAÇÃO AB

A DHL Supply Chain passa a ser a responsável pela coleta e transporte das peças de reposição de toda a linha de automóveis Volvo (sedãs, SUVs e futuramente os elétricos) para as 36 concessionárias da marca no Brasil. A operadora logística atuará integrada com sua estrutura de distribuição no País, integrada por mais de 2 mil veículos, sete cross docking e 14 filiais.





As entregas serão realizadas nos modais rodoviário e aéreo (em casos emergenciais), e caberá à DHL a roteirização, manuseio e transbordo dos itens ao longo do trajeto. Nas capitais, devem ser empregadas carretas próprias para as entregas.

"Estamos, a cada dia, aumentando a oferta de produtos híbridos para os consumidores. É muito importante termos um parceiro logístico de confiança para atender o nosso pós-venda", comenta João Oliveira, diretor geral de operações e inovação da Volvo Cars Brasil.

"O mercado automotivo está passando por grandes transformações com novos modelos de uso, expansão da eletrificação e rodagem por um período mais longo. Esses movimentos impulsionam a demanda por peças de reposição de forma que o mercado de serviços de pós-venda ganha um papel cada vez mais importante como diferencial competitivo da marca perante o consumidor", afirma César Rodríguez González, diretor de operações da DHL Supply Chain Brasil.

ENTREGA MONITORADA



Para garantir a visibilidade de ponta a ponta, uma torre de controle acompanha e monitora o passo a passo da entrega das peças - a grande maioria importada da Europa. A operadora logística atua também para outros projetos de aftermarket de automóveis no Brasil, o que possibilita o compartilhamento seguro de fretes e infraestrutura.

DHL e Volvo Cars têm parcerias semelhantes no México, China e Europa. "Estamos adotando no Brasil práticas como a pesquisa de satisfação com as concessionárias e uma plataforma on-line para que elas acompanhem em tempo real a emissão de notas e os lead times de entrega, recurso que ajuda muito no relacionamento com esses players", explica o diretor de operações da DHL.

"A abordagem colaborativa na logística de aftermarket de automóveis possibilita muitos ganhos, principalmente de custos, frequência de entregas e padrão de serviços. Com isso, também diminuímos o número de veículos que circulam nos centros urbanos, reduzindo assim e emissão de gases", ressalta González.



Tags: Volvo Cars, Brasil, DHL Supply Chain, logística, transporte, aftermarket, peças de reposição, autopeças, gestão.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now