Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Vacinação contra Covid-19 é fator chave para recuperação da indústria automotiva

Conjuntura | 03/03/2021 | 20h34

Vacinação contra Covid-19 é fator chave para recuperação da indústria automotiva

Para 86% dos respondentes da pesquisa Cenários para a Indústria Automobilística, esta é a política governamental de maior impacto para a retomada retomada

GIOVANNA RIATO, AB



Nada de redução da carga tributária ou incentivo à produção local de veículos. O maior estímulo que a indústria automotiva pode receber neste momento é a aceleração e a ampla vacinação contra a Covid-19. A conclusão é da pesquisa Cenários para a Indústria Automobilística, realizada por Automotive Business em parceria com a Roland Berger com 532 profissionais do segmento. “Para 86%, este é um fator-chave para a recuperação”, conta Marcus Ayres, sócio da consultoria.

Ele apresentou os resultados do estudo em primeira mão durante a primeira etapa do #ABPlan – Planejamento Automotivo na quarta-feira, 3. O documento completo com as conclusões do levantamento está disponível na área Premium do evento, ao lado de uma série de outros estudos e entrevistas exclusivas. Para ter acesso, basta fazer a inscrição aqui .

Questionados sobre quais medidas o governo deveria adotar para garantir a retomada da atividade do setor automotivo em 2021, a maioria dos entrevistados colocou o processo de imunização à frente de demandas tradicionais da indústria, como a redução dos encargos trabalhistas, da carga tributária e de incentivos à inovação e à produção.

“A maior parte dos respondentes também apontou que as empresas vão precisar de um tempo considerável para reverter os impactos da Covid-19. Para 66%, o processo levará mais de um ano”, diz Ayres.



MESMO COM RUPTURAS NA CADEIA DE FORNECIMENTO, OCUPAÇÃO DAS FÁBRICAS SURPREENDE



Ayres destaca ter se surpreendido com a ocupação média de 66% da capacidade produtiva relatada pelos respondentes da pesquisa. “Pensando no enorme número de desafios que temos hoje e no contexto pandêmico, é um número interessante para a cadeia automotiva”, diz. Segundo ele, os profissionais do setor estimam que este porcentual suba para 75% até o fim de 2021.

“Para isso, será preciso endereçar algumas questões importantes, como as quebras na cadeia de fornecedores”, diz, citando a falta de componentes na indústria automotiva nacional – especialmente eletrônicos.

“Você não monta um carro com três rodas e esta lógica vale para muitos aspectos do veículo. Por isso, a ausência de uma peça simples tem potencial para comprometer toda a produção”, destaca.



Além da necessidade de equalizar a oferta de componentes, a pesquisa Cenários para a Indústria Automobilística também revelou que uma série de fornecedores ainda trabalha para contornar dificuldades remanescentes do momento inicial da crise, com a busca por cortes mais severos nos custos e até processos de demissões em curso.

EM BUSCA DE COMPETITIVIDADE, MONTADORAS INVESTEM EM INOVAÇÃO



Quando se trata das fabricantes de veículos leves, a pesquisa revela um forte compromisso com inovação mesmo diante da emergência causada pela Covid-19. Ayres fala a respeito:

“Não é que as empresas estejam inovando apesar da pandemia, mas motivadas por ela. A incorporação de tecnologias e o investimento em novos modelos de negócio está na agenda das lideranças por serem medidas que viabilizam a competitividade neste momento”, observa.



Dentro desta abordagem, os respondentes do estudo apontam que a renovação do portfólio de produtos, a integração com ecossistemas de mobilidade e inovação e a adequação da estrutura operacional são pontos de destaque na agenda. Quanto se trata das fábricas, a aceleração da indústria 4.0, de soluções de manufatura enxuta e a economia de recursos são prioridade.



Tags: recuperação, indústria automotiva, vacinação, Covid-19, Cenários para a Indústria Automobilística, Roland Berger, #ABPlan.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

Mobility Now

ABTV

Mobility Now