Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Audi lança o Q4 e-tron, seu carro elétrico mais barato
Iluminação de LED é item de série na linha Audi Q4 e-tron

Lançamentos | 14/04/2021 | 19h00

Audi lança o Q4 e-tron, seu carro elétrico mais barato

Modelo será oferecido nas configurações SUV convencional e SUV cupê e vai estar à venda nas lojas da Europa em junho

REDAÇÃO AB

A Audi apresentou na quarta-feira, 14, a linha Q4 e-tron, com a qual a montadora vai estrear no segmento dos SUVs compactos elétricos e será também o modelo movido a eletricidade mais barato da marca. O modelo – o primeiro da marca montado sobre a plataforma modular elétrica MEB do grupo Volkswagen – será oferecido na versão convencional e na SUV cupê, com três opções de motores.

A versão de entrada – nas duas configurações de carroceria – é a Q4 e-tron 35, que conta com bateria de 52 kWh montada sob o piso do carro, que alimenta o motor de 170 cavalos e 31,6 kgfm no eixo traseiro. Segundo a montadora, essa versão acelera de 0 a 100 km/h em 9 segundos e tem velocidade máxima limitada de 160 km/h. Já a autonomia é de 341 km para o SUV e de 349 km para o Sportback.


Versão Sportback do Q4 e-tron tem visual mais jovial

A versão intermediária é a Q4 e-tron 40, que possui bateria e motor mais potentes, de 77 kWh e 204 cavalos, respectivamente (o torque é igual ao do 35). Com isso, a arrancada de 0 a 100 km/h é feita em 8,5 segundos, mas a velocidade máxima também é limitada a 160 km/h. O alcance, em compensação, é maior, de 520 km para o SUV (o do Sportback ainda não havia sido homologado até a apresentação).

O Q4 e-tron 50 quattro é o topo de linha e, como o nome indica, possui motor adicional no eixo dianteiro que garante tração integral. Embora possua bateria similar à da versão 40, o modelo – tanto o SUV quanto o Sportback – dispõe de 299 cavalos e 46,9 kgfm, que permitem acelerar de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos e alcançar 180 km/h de velocidade máxima. A autonomia é de 488 km para o e-tron e de 497 km para o Sportback.

COMPACTO SÓ POR FORA



Em termos de proporções, o Q4 e-tron tem 4,59 m de comprimento, 1,86 m de largura e 1,63 m de altura, o que o posiciona exatamente entre os “primos” Q3 e Q5. Mas é a parte interna que mais impressiona, pois, graças à nova plataforma modular, o Q4 possui um generoso entre-eixos de 2,76 m, o que permitiu criar uma cabine muito espaçosa, com tamanho similar à de SUVs de segmento superior, segundo a Audi. O porta-malas – com capacidade para 520 litros no Q4 e-tron e 535 litros no Sportback – é igualmente impressionante.

O quadro de instrumentos digital (Virtual Cockpit) com tela de 10,25 polegadas é item de série, assim como a central multimídia MMI com monitor de 101, polegadas (opcional de 11,6 polegadas). A maior atração, contudo será o Head Up Display com Realidade Aumentada, que vai dar a impressão de que as informações não estão sendo apenas projetadas no para-brisa, e sim na área à frente do carro.


Há muitos comandos digitais na cabine do Q4 e-tron

Esse sistema também será usado com os diversos programas de assistência ao condutor que o modelo terá como opcionais, incluindo um controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo com assistente de direção, alerta de saída de faixa, alerta de tráfego cruzado na traseira, frenagem autônoma de emergência etc. A linha Audi Q4 e-tron vai chegar às concessionárias europeias em junho e ainda não há previsão de sua importação para o Brasil. Ele vai custar a partir de € 41.900 (Q4 e-tron 35), passa por € 47.500 (Q4 e-tron 40) e chega a € 52.900 no e-tron 50 quattro. As versões Sportback custam € 2 mil a mais.



Tags: Lançamentos, Audi, Q4, e-tron, Sportback, elétrico, SUV compacto, autonomia, equipamentos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now