Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Gerdau investe R$ 1 bilhão para produzir aços especiais

Insumos | 19/04/2021 | 14h21

Gerdau investe R$ 1 bilhão para produzir aços especiais

Aportes serão feitos nas unidades de Pindamonhangaba, Mogi das Cruzes (SP) e Charqueadas (RS)

REDAÇÃO AB

A Gerdau vai investir R$ 1 bilhão na modernização e ampliação de suas fábricas voltadas à produção de aços especiais no Brasil, segundo comunicado divulgado nesta segunda-feira, dia 19. Três unidades receberão a maioria desse aporte: Pindamonhangaba, Mogi das Cruzes (SP) e Charqueadas (RS). Os investimentos estão dentro do Capex global anunciado pela Gerdau no início do ano.

A usina de Charqueadas ganhará um novo forno de recozimento e esferoidização para barras de aço. Segundo a Gerdau, o equipamento vai permitir que a empresa atenda a demanda crescente por materiais com especificações mais exigentes, como grau de esferoidização e de dureza, além de baixos níveis de descarbonetação, principalmente pelo setor automotivo. Com capacidade anual de 48.000 toneladas, ele deve começar a operar em agosto de 2022.

A unidade de Mogi das Cruzes vai reativar sua aciaria (parte da usina que transforma o ferro gusa em aço), que estava parada desde março de 2019, para começar a produzir até o início do segundo semestre, gerando 150 novos postos de trabalho diretos. A ideia é operar com capacidade anual de 80 mil toneladas de aço, que será laminado em Pindamonhangaba. Já os investimentos em Pindamonhangaba vão permitir que o novo lingotamento contínuo entre em operação em agosto de 2022.

"Temos realizado investimentos em nossas usinas de aços especiais para aumentar a produtividade e atender as necessidades e a demanda crescente dos nossos clientes. Os novos aportes reforçam nossa presença nos mercados em que atuamos e nosso espírito inovador, bem como nossa visão otimista para os setores automotivo e de máquinas e equipamentos no Brasil, que deve, nos médio e longos prazos, ter seus níveis de produção recuperados", diz Rubens Pereira, vice-presidente de Aços Especiais da Gerdau no Brasil.



Tags: Gerdau, aços especiais, Pindamonhangaba, Mogi das Cruzes, Charqueadas, investimentos.

Comentários

  • NelsonPlínio da Silva

    Excelentenoticia! Mais investimentos significam mais empregos e renda para as pessoas da região, mas fica uma pergunta no ar. Será que agora os aumentos sucessivos do preço do aço serão interrompidos ou continuaremos tendo aumentos constantes, mesmo melhorando a capacidade/produtividade?

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

Mobility Now

ABTV

Mobility Now