Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Renault lança novo Zoe, mais moderno e potente – e mais caro
Novo Zoe E-Tech é o mesmo modelo lançado na Europa em 2019

Lançamentos | 22/04/2021 | 17h35

Renault lança novo Zoe, mais moderno e potente – e mais caro

Novo modelo é o mesmo lançado há quase dois anos na Europa; preços partem de R$ 205 mil e não incluem carregador rápido

WILSON TOUME, PARA AB

A Renault do Brasil lançou na quinta-feira, 22, o novo Zoe (que ganhou o “sobrenome E-Tech), modelo 100% elétrico que traz como principal novidade o motor mais potente, agora capaz de entregar 135 cavalos e 25 kgfm (antes era 88 cv e 22,4 kgfm), como já havíamos antecipado aqui. Disponível em duas versões de acabamento – Zen e Intense – o novo Zoe tem preços sugeridos de R$ 204.990 para a primeira e R$ 219.990 para a topo de linha.

Visualmente, destacam-se os novos faróis, com luzes diurnas LEDs incorporadas e faróis de neblina instalados em dois grandes nichos na parte inferior do para-choque. Na traseira, as lanternas também são de LED, o que garante maior eficiência de sinalização, além de menor consumo de energia.


O interior do novo Renault Zoe E-Tech está mais sofisticado

Por dentro, as novidades do Zoe E-Tech ficam por conta do quadro de instrumentos digital com tela de 10 polegadas que exibe, entre outras funções, os parâmetros do conjunto elétrico, como o indicador de consumo, que incentiva o condutor a economizar energia durante a viagem. Cores e modos de apresentação das informações na tela são personalizáveis.

Já a central multimídia possui apenas a tela de 7 polegadas – ao contrário do modelo europeu, cuja versão topo de linha traz uma central com tela de 9,3 polegadas. O acabamento, felizmente, tem o mesmo bom nível, incluindo o uso de material reciclado nos revestimentos e em todas as partes plásticas que ficam aparentes.

MAIOR AUTONOMIA COM MAIS POTÊNCIA



Mas o melhor do novo Renault Zoe não está visível, mas pode ser facilmente percebido ao primeiro contato. A nova bateria de 52 kWh proporciona autonomia de 385 km (25% a mais que a do modelo anterior), além de alimentar um motor mais potente, com 135 cavalos e 25 kgfm, o que, de acordo com a montadora, se traduz em uma dirigibilidade muito mais agradável, principalmente em vias expressas. O melhor é que essa nova bateria, mesmo sendo mais potente, tem o mesmo tamanho da anterior.

Outra novidade é que o carro ganhou opção de recarga com corrente contínua, o que, na prática, significa que o carro pode ter energia para rodar até 150 km com uma carga de 30 minutos em estações com esse tipo de corrente (como os disponíveis em algumas rodovias brasileiras). Já na cidade, a recarga em supermercados, por exemplo, pode demorar cerca de 1 hora para fornecer a energia para os mesmos 150 km.

A Renault do Brasil também possui parceria com a empresa de energia EDP para o fornecimento dos carregadores rápidos (wallbox), mas esse equipamento deve ser adquirido à parte.

O novo Renault Zoe E-Tech também vai estar disponível no serviço de carros por assinatura da montadora, o Renault On Demand, em planos que vão custar a partir de R$ 3.890 mensais.



Tags: Lançamentos, Renault, Zoe, E-Tech, elétrico, bateria, motor, carregador.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now