Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Daimler Trucks cria divisão de tecnologia e eleva autonomia de unidades regionais
Veículos pesados do grupo Daimler Trucks & Buses: seis marcas ganharão mais independência de desenvolvimento de produtos

Indústria | 26/04/2021 | 19h26

Daimler Trucks cria divisão de tecnologia e eleva autonomia de unidades regionais

Divisões de automóveis Mercedes-Benz e de veículos comerciais vão se separar até o fim de 2021

REDAÇÃO AB

Em linha com o plano de se tornar uma empresa independente da fabricante de carros e vans Mercedes-Benz, com previsão de lançar ações próprias na Bolsa de Frankfurt até o fim de 2021 (leia aqui), a Daimler Trucks & Buses anunciou na segunda-feira, 26, algumas mudanças em sua estrutura de administração global. Em síntese, será elevada a independência de investimentos e desenvolvimento de produtos das seis marcas de caminhões e ônibus nas diferentes regiões do mundo onde a companhia atua, ao mesmo tempo em que está sendo criado na Alemanha um centro de tecnologia, o Truck Technology Group (Grupo de Tecnologia de Caminhões), voltado a novos projetos de trem-de-força.

Segundo comunicado da empresa, as mudanças organizacionais e administrativas deverão ser adotadas até o próximo 1º de julho, com o objetivo de para aumentar a eficiência, velocidade de decisão e capacidade de melhor atender as necessidades dos clientes da Daimler Trucks & Buses pelo mundo. Dessa forma, cada unidade de negócio com suas respectivas marcas e regiões de atuação – Freightliner, Western Star e Thomas Built Buses na América do Norte, Mercedes-Benz Trucks & Buses na Europa e América Latina e Fuso e BharatBenz na Ásia – vão ganhar maior independência empresarial, com autonomia para tomar decisões e direcionar os recursos necessários para o desenvolvimento de produtos.

Cada região terá um engenheiro chefe para o desenvolvimento completo de veículos das marcas correspondentes, descentralizando atividades que antes estavam alocadas na área de desenvolvimento global da Daimler Trucks & Buses. A intenção é dar mais força à regionalização de produtos e serviços – algo que já acontece na Mercedes-Benz do Brasil – para desenvolver caminhões e ônibus de acordo com necessidades regionais.

NOVO CENTRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO



Ao mesmo tempo que descentraliza o desenvolvimento de produtos, a companhia vai centralizar no Truck Technology Group os projetos de novos powertrains, em linha com o objetivo global de redução de emissões de CO2 e introdução de sistemas de direção autônoma. A nova divisão irá seguir desenvolvendo as estreias mundiais de caminhões elétricos e o recém-apresentado Mercedes-Benz GenH2, caminhão elétrico alimentado por pilhas de hidrogênio para viagens de longa distância, bem como o autônomo Future Truck 2025.

O Truck Technology Group é uma nova divisão do conselho de administração da Daimler Truck, com assento exclusivo, que será ocupado por Andreas Gorbach, atualmente CEO da joint venture entre a Daimler Trucks e o Grupo Volvo para desenvolvimento e produção de células de combustível. Gorbach será responsável pela criação de um centro global de competência para pesquisa, desenvolvimento e produção para todas as tecnologias futuras de trens-de-força para todas as marcas de veículos do grupo, incluindo motores a combustão, baterias elétricas e células de combustível.

Também fica sob o guarda-chuva do TT o desenvolvimento de softwares de caminhões e ônibus, sistemas eletroeletrônicos e compras globais. O objetivo é aumentar a escala econômica de tecnologias diferenciadas com amplo uso em todas as regiões, potencializando sinergias globais.

“A nova estrutura de negócios dará à Daimler Trucks & Buses o melhor dos dois mundos: máxima aproximação com o cliente e empreendedorismo em nossas regiões, com força total de engenharia focada em futuras tecnologias”, afirma Martin Daum, CEO da Daimler Trucks AG.



NOVA DIVISÃO DE SERVIÇOS FINANCEIROS



Com a separação das divisões de automóveis Mercedes-Benz e de veículos comerciais pesados Daimler Trucks & Buses em duas empresas independentes, serão criados braços de serviços financeiros separados. Nesse sentido, a fabricante de caminhões e ônibus anunciou a criação da Daimler Truck Financial Services, nova subsidiária que fornecerá apoio às vendas de veículos comerciais pesados, desenvolvendo soluções de financiamento, leasing e mobilidade.

Parte dos empregados que hoje estão alocados na Daimler Mobility AG, criada em 2012, serão transferidos para a futura Daimler Truck Financial Services e farão parte da nova empresa que surgirá até o fim do ano. Stephan Unger, que já faz parte do conselho da Daimler Mobility, assumirá a direção da nova unidade de serviços financeiros interna a partir de 1º de julho próximo, passando a ser membro do conselho da Daimler Truck AG.

NOVA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO



Com as nomeações efetivas a partir de 1º de julho, o conselho de administração da Daimler Truck AG passa a ser composto pelos seguintes executivos e suas áreas de responsabilidade:

• Martin Daum, CEO Daimler Truck AG
• Karin Rådström, responsável pelas regiões da Europa e América Latina e pela marca Mercedes-Benz Trucks
• John O'Leary, CEO da Daimler Trucks North America, responsável pelas marcas Freightliner, Western Star e Thomas Built Buses
• Hartmut Schick, CEO da Daimler Trucks Asia, responsável pelas marcas Fuso e BharatBenz
• Andreas Gorbach, chefe do futuro Truck Technology Group (TT)
• Stephan Unger, responsável pela futura Daimler Truck Financial Services
• Jochen Götz, responsável por finanças e controlling
• Jürgen Hartwig, responsável por recursos humanos



Tags: Daimler, Mercedes-Benz, Daimler Trucks & Buses, separação, divisão, ações.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now