Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Conheça os fornecedores do Toyota Corolla Cross
Corolla Cross: maior aposta da Toyota para o Brasil e mercados latino-americanos

Raio-X | 27/04/2021 | 15h01

Conheça os fornecedores do Toyota Corolla Cross

Novo SUV da marca japonesa é produzido em Sorocaba com 70% de nacionalização

PEDRO KUTNEY, AB

Após investir R$ 1 bilhão em desenvolvimento do produto, sistemas de manufatura e fornecimento local de componentes, a Toyota começou a produzir em março no Brasil o Corolla Cross, um dos mais aguardados lançamentos do mercado brasileiro este ano, que chega em versões com motorização a combustão flex e híbrida bicombustível. O primeiro SUV nacional da Toyota fabricado em Sorocaba (SP) nasce com índice médio de nacionalização de 70%, com mais de uma centena de fornecedores instalados no País.

Por sua importância estratégica para a Toyota e sua cadeia de fornecedores no Brasil, o Corolla Cross é o veículo retratado este mês no Raio-X, levantamento periódico exclusivo realizado pela consultoria IHS Markit em parceria com Automotive Business. Nesta edição foram listados 44 fornecedores de 56 componentes, sistemas e insumos para produzir o SUV em Sorocaba.


Baixe aqui o arquivo em PDF do Raio-X do Toyota Corolla Cross



VEJA TAMBÉM:
> Corolla Cross é maior aposta da Toyota para crescer na América Latina
> VÍDEO: Corolla Cross, o primeiro SUV da Toyota produzido no Brasil
> Corolla Cross estreia com vendas acima das expectativas
> Corolla Cross será o Toyota brasileiro mais exportado, vai para 22 países



O Corolla Cross será o veículo mais exportado pela Toyota em toda sua história de 60 anos produzindo no País. O SUV produzido em Sorocaba será vendido em 22 países da América Latina, fazendo do Brasil o maior polo de produção do Corolla Cross, que também é fabricado em Taiwan e na Tailândia. Do total de 55 mil unidades programadas para serem produzidas este ano em Sorocaba, a previsão é destinar 42 mil unidades do SUV para o mercado brasileiro e 13 mil para exportações.

Assim como a nova geração do sedã Corolla fabricado desde 2019 em Indaiatuba (SP), o SUV é montado sobre a plataforma GA-C, integrante da arquitetura global TNGA, e tem uma versão tradicional bicombustível e outra híbrida flex. As versões a combustão têm índice de nacionalização mais elevado, pois o motor 2.0 Dynamic Force de 177 cavalos é fabricado na planta de motores da Toyota em Porto Feliz (SP). Já o powertrain híbrido, que conjuga motor a combustão 1.8 flex de 101 cavalos e dois propulsores elétricos que entregam 72 cavalos, é integralmente importado do Japão – mas o sistema bicombustível etanol-gasolina foi desenvolvido exclusivamente no Brasil.



Tags: Raio-X, Toyota, Corolla Cross, indústria, autopeças, fornecedores, produção, Sorocaba, investimento, fábrica.

Comentários

  • RobertoBrandão

    Compreimeu Corola Cross XRE, ansioso pelo recebimento. Só incompatível a cobrança da pintura e acessórios a parte, bem que o friso lateral deveria fazer parte da montagem

  • Adenisio

    Realmenteo Corola Cross está sendo muito esperado. Desde o seu lançamento, no mês de março, já se sabia que haveria muita procura pelo carro. Inclusive no dia seguinte do lancamento, compareci a uma concessionária Toyota e já solicitei e escolhi o modelo XRX. Mas infelizmente , baseando-se mais de um mês, quase dois já, ainda o carro não chegou. E uma situação muito desconfortável pois vendi o carro que tinha e hoje estou sem carro a espera da entrega.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now