Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Rodofort importa pneus da Índia para não parar produção
Primeiro lote de pneus indianos chegou em maio

Insumos | 10/05/2021 | 14h32

Rodofort importa pneus da Índia para não parar produção

Para contornar a escassez de componentes, empresa buscou um novo fornecedor para equipar seus semirreboques

REDAÇÃO AB

Para tentar contornar a escassez de componentes que ronda a indústria automotiva, a Rodofort precisou buscar um novo fornecedor de pneus. A tradicional fabricante de implementos começou a importar o produto da Índia para poder equipar seus semirroboques.

A falta de pneus tem afetado as fábricas no Brasil e no mundo desde o início do ano, apesar de se em um nível muito menor que o de semicondutores. Porém consultores internacionais já estão prevendo que a crise no abastecimento da borracha pode ser tornar o novo problema da indústria ao longo do próximo ano (leia aqui).

O primeiro lote de pneus indianos chegou neste mês de maio e já está prevista a chegada de uma segunda encomenda em julho, com quatro contêineres com um total de 1,5 mil pneus. A Rodofort diz que já havia tentado fazer uma importação direta no ano passado, mas na época as taxas tornaram a operação economicamente inviável. A importação neste ano foi por meio de tradings especializadas em comércio internacional.

“Não teremos produtos customizados por causa da falta de componentes, mas sim opções para que eles não parem de transportar cargas”, explica Alves Pereira, diretor-geral da Rodofort. A empresa vive um bom momento no mercado interno, pois comemora um crescimento de 156% na vendas do primeiro trimestre deste ano e a aquisição da empresa Guerra (leia aqui).

A razão de ter buscado um fornecedor em um país que não costuma estar entre os exportadores tradicionais de pneus se deve principalmente a dois motivos: perfil de produto alinhado com as necessidades brasileiras e a melhoria do nível de qualidade do pneu indiano nos últimos anos. “Há fabricantes inseridos em países com o clima semelhante ao nosso, como a Índia, e os pneus produzidos nesses locais tendem a sofrer um processo similar de desgaste aos fabricados no Brasil”, diz Pereira.

O executivo explica ainda que, além da Índia, a Rodofort está procurando outras opções de fornecedores para o futuro, como China e Vietnã. “No mundo globalizado ninguém fabrica nada exclusivo para o mercado doméstico. É preciso ter produto adequado para ganhar o mercado externo”, diz.



Tags: Rodofort, implementos, pneus, Guerra, importação, produção, Índia, insumo.

Comentários

  • MarcosVinicius dos anjos

    Vivemosnum país que tem toda a matéria prima de primeira qualidade e ter quê passar por tudo isso e inadmissível.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now