Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Toyota quase dobra lucro no 1º trimestre

Balanço | 12/05/2021 | 16h50

Toyota quase dobra lucro no 1º trimestre

Estratégia que permitiu driblar a crise dos semicondutores é o principal motivo do sucesso da empresa, dizem analistas

REDAÇÃO AB

A Toyota anunciou na quarta-feira, 12, que contabilizou lucro de 92% nos primeiros três meses deste ano, em relação ao mesmo período de 2020. A atual maior montadora do mundo registrou lucro operacional de 689,8 bilhões de ienes (US$ 6,34 bilhões) no período de janeiro a março, quase duplicando o lucro obtido no primeiro trimestre do ano passado, que foi de 369,9 bilhões de ienes.

De acordo com analistas ouvidos pela agência Bloomberg, a Toyota demonstrou muita eficiência e agilidade para manter suas linhas de produção operando, enquanto as demais montadoras sofrem com a crise dos semicondutores. A rapidez com que a empresa japonesa ajustou sua cadeia de fornecedores e, graças a isso, conseguiu aumentar o ritmo de suas fábricas para atender a crescente demanda por automóveis novos permitiu que a empresa agora desfrute de uma posição privilegiada em relação aos concorrentes – que seguem tendo de reduzir (ou até suspender) suas atividades por falta de chips e de processadores.

LUCRO TAMBÉM NO ANO



A prática da Toyota de monitorar pequenos fornecedores e de estocar componentes considerados essenciais vem permitindo à empresa sair-se bem frente à crise. Tanto que seu desempenho no ano fiscal recém-encerrado (em março) vem sendo considerado brilhante por muitos especialistas. Embora a receita tenha caído – da mesma forma que as vendas, que recuaram 4% –, o lucro líquido aumentou (foi a 2,245 trilhões de ienes, contra 2,036 trilhões no ano anterior), assim como as margens nas operações financeiras, que saltaram de 6,8% para 8,3% em relação ao ano fiscal de 2020.

Com tudo isso, a Toyota tem tudo para seguir obtendo bons resultados no futuro próximo, especialmente na China e nos Estados Unidos, países nos quais os consumidores se sentem encorajados a adquirir carros novos, por conta dos sinais de controle da pandemia. Em março, as vendas globais da Toyota registraram alta de 44%, chegando a quase 1 milhão de veículos (982.912 unidades), o que representa um novo recorde para um único mês.



Tags: Balanço, Toyota, ano fiscal 2020, 1º trimestre, lucro líquido, semicondutores, chips, estratégia, suprimentos.

Comentários

  • AlexC.

    Toyota,sempre Toyota...e não essas carroças da GM que vendem por aí

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now