Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Brasileiro prefere comprar carro do que alugar, indica estudo

Mercado | 17/05/2021 | 15h40

Brasileiro prefere comprar carro do que alugar, indica estudo

Pesquisa da ESPM revela que, mesmo entre consumidores mais jovens, a posse de bens como automóveis ainda é prioridade

REDAÇÃO AB

De acordo com pesquisa realizada pela ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing – na segunda-feira, 17, existe uma boa parte dos consumidores brasileiros que prefere comprar automóveis em vez de alugar, mesmo em um momento de recessão, ao contrário do que muita gente imagina. O estudo foi feito pelo Numa (Núcleo de Marketing & Consumer Insights da ESPM), que entrevistou 577 pessoas, de menores de 18 anos a maiores de 65 anos, sendo 69% mulheres, 45% com idades entre 19 e 25 anos, 72% solteiros e 48% sem renda própria.

As questões tiveram como foco o consumo nas seguintes categorias: automóveis, imóveis, aparelhos eletrônicos, telefones celulares, acessórios de moda e roupas (casual e para eventos). Um dos resultados que chama a atenção é que, para 85% dos entrevistados, é melhor comprar um automóvel do que alugar. “Apesar do surgimento de novas modalidades de locação, ainda fica evidente a vontade da posse de bens pelos entrevistados”, declarou Helder Haddad, professor e pesquisador do Numa ESPM.

O estudo permitiu identificar três perfis de consumidores:

• Os sustentáveis, que estão ligados a marcas que se relacionam com a responsabilidade socioambiental, realizam coleta seletiva do lixo, se dizem interessados em transporte público e carros compartilhados. Com idade entre 19 e 25 anos, 21% dos entrevistados se enquadraram nesse perfil.

• Os materialistas, que aceitam pagar caro por itens que prometem boas experiências e que estão sempre atentos às novidades. Chama a atenção o fato de esse público ser formado por consumidores mais jovens (até 18 anos), nem sempre ter renda própria e dependerem do dinheiro dos pais. Enquadraram-se nessa categoria 47% dos ouvidos.

• Os racionais/econômicos, como o nome indica, estão preocupados com o custo-benefício e procuram sempre economizar para garantir uma aposentadoria e/ou se precaver com relação a imprevistos futuros. O público com idade entre 36 e 55 anos é a maioria neste perfil, com renda mensal acima de R$ 5 mil e casados(as).

O professor Haddad fez uma observação curiosa: “Apesar da orientação sustentável, não necessariamente as pessoas com esse perfil abrem mão de consumir e de ter a posse do bem; ainda existe uma diferença entre uma real atitude de comportamento e uma intenção de agir”. Mesmo entre os sustentáveis, apenas 20% preferem alugar. Entre os materialistas cai para 16% a predisposição para alugar um carro e para 10% entre os racionais.

Com relação às outras categorias, a pesquisa revelou equilíbrio na preferência entre alugar ou comprar um imóvel, com 54% dos consumidores afirmando que preferem adquirir. Já com relação aos eletrônicos e celulares, roupas casuais e acessórios de moda, a compra foi a escolha da maioria, com 99%, 98% e 89% das respostas, respectivamente. O aluguel prevaleceu (55%) apenas no item roupa para eventos.



Tags: Mercado, consumidor, perfil, comortamento, ESPM, pequisa, Helder Haddad.

Comentários

  • FábioColla de Andrade

    Ocusto da locação ainda é muito alto !

  • CASSIOARTHUR PAGLIARINI

    Com48% dos pesquisados sem renda própria, esta é uma amostra viciada, pois são pessoas sem condição de decidir uma compra. Este fator mascara outras respostas da pesquisa. Parece que a amostra foi selecionada apenas entre os alunos da instituição, o que prejudica ainda mais a inferência estatística.

  • LuisMoura

    Nachamada da reportagem diz que brasileiro prefere comprar carro ao alugar, mas ao ler a reportagem isso não fica demonstrado. Ainda que a maioria fosse “materialista”, não é mencionado em momento algum que o custo de locação de veículos no Brasil é simplesmente absurdo, tanto ou mais que os impostos sobre a compra de veículos.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now