Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen abre pré-venda e coloca preços no Taos: R$ 155 mil a R$ 191 mil
Principal arma do Taos sobre os SUVs médios concorrentes são suas maiores dimensões

Lançamentos | 27/05/2021 | 20h35

Volkswagen abre pré-venda e coloca preços no Taos: R$ 155 mil a R$ 191 mil

Produzido na Argentina, modelo entra na briga dos SUVs médios no mercado brasileiro

PEDRO KUTNEY, AB

Com cerca de seis meses de atraso por causa da pandemia, a Volkswagen começou nesta quinta-feira, 27, a receber reservas para o Taos, com as primeiras entregas previstas para o fim de junho. Produzido na Argentina desde o mês passado, o modelo é o mais sofisticado já produzido pela Volkswagen na região, que chega para buscar espaço no cada vez mais povoado mercado de SUVs médios, nos últimos cinco anos amplamente dominado pelo Jeep Compass que estava praticamente sozinho no segmento.

Publicidade



O Taos é o quarto SUV da Volkswagen no País, que se junta à gama abaixo do Tiguan (de cinco ou sete assentos) feito no México e acima dos compactos T-Cross e Nivus fabricados em São José dos Pinhais (PR) e São Bernardo do Campo (SP), respectivamente. O modelo fecha o ciclo de investimentos e lançamentos iniciados em 2017, que trouxe a plataforma modular MQB do Grupo VW às fábricas da América do Sul. Na Argentina a planta de Pacheco recebeu aportes de US$ 650 milhões para iniciar a produção de carros sobre a MQB, começando pelo novo SUV baseado no Skoda Tarek – da marca tcheca também pertencente ao grupo alemão que deu origem ao Projeto Tarek, como era conhecido o Taos até o ano passado antes de seu nome ser revelado.

“O Taos é o último lançamento da ofensiva que iniciamos em 2017 e o mais importante para a Volkswagen este ano, pois nos coloca em um patamar superior do mercado”, disse Pablo Di Si, presidente da VW América Latina.



Com o Taos a Volkswagen entra nessa disputa dos SUVs médios no andar superior do segmento, com gama enxuta de apenas duas versões, Comfortline de R$ 154.990 (acima das duas opções do Corolla Cross com motor 2.0 de 177 cv e o mesmo preço do Compass Longitude 1.3 turboflex de 185 cv) e Highline de R$ 181.790 (esta mais cara que as duas opções híbridas do SUV Toyota e próxima da versão Limited do Jeep).

Ambas as opções do Taos têm um bom pacote de itens de série, quase sem opcionais (veja preços, versões e equipamentos mais abaixo), e são equipadas com o já conhecido powertrain formado pelo câmbio automático Aisin de seis marchas e o motor turbo 1.4 250 TSI, de 150 cv e torque de 250 Nm, fabricado pela Volkswagen em São Carlos (SP) e que já equipa outros modelos da marca como T-Cross, Jetta, Polo e Virtus.



Também foi colocado à venda por R$ 191.060 uma edição especial de lançamento do Taos, com acabamentos exclusivos, nenhum opcional e um pacote de vantagens, como um ano de seguro e carência das 12 primeiras parcelas de financiamento pelo Banco VW. Mas segundo a Volkswagen todas as 320 unidades foram reservadas minutos após a apresentação do carro no início da tarde da quinta-feira. Agora quem quiser encomendar o Taos Comfortline ou Highline terá de ir a uma concessionária, onde poderá conhecer o SUV virtualmente pelo sistema 3D da marca, já que os primeiros modelos só chegam às lojas no fim de junho.

NA BRIGA DOS MÉDIOS



Sabendo que a briga no segmento será apertada, a Volkswagen não revela sua ambição comercial para o Taos no mercado brasileiro, mas não é tão difícil estimar. Se o principal adversário é o Jeep Compass, que em 2020 vendeu 53 mil unidades e foi o terceiro SUV mais vendido do País (atrás do T-Cross com 60 mil emplacamentos e Renegade com 56,8 mil), dá para concluir que a diretoria da marca espera emplacar ao redor de 4 mil unidades/mês – isso, claro, se a produção não for afetada pela falta de componentes que vem causando problemas ao setor no mundo todo. O Taos também já foi lançado na Argentina e de lá será exportado para todos os mercados latino-americanos – com exceção do México, que também produz o SUV e o exporta para os Estados Unidos e Canadá.

Em sua estreita faixa de versões e preços, o Taos oferece conteúdo similar ao das opções mais caras do Jeep Compass e do recém-lançado Toyota Corolla Cross. Ambos têm mais versões e partem de preços menores, R$ 140 mil, passando dos R$ 180 mil no topo da linha. Portanto, o Taos compete no andar de cima dos SUVs médios – e as primeiras estimativas da Volkswagen, baseadas na procura pelo modelo nas concessionárias, é que a maior demanda seja pelo mais caro Highline.


Maior espaço interno e porta-malas entre os SUV médios: entre-eixos de 2,68 m e 498 litros de espaço para bagagens

A Volkswagen aposta no tamanho do Taos para fazer a diferença e conquistar clientes. Ele é maior e mais alinhado às dimensões de um SUV médio do que os concorrentes médio-compactos. Com 4,46 metros de comprimento, 2,68 m entre eixos, 1,62 m de altura e 1,84 m de largura, o Taos oferece bastante espaço interno, inclusive no banco traseiro, onde mesmo pessoas mais altas não raspam os joelhos raspando no banco dianteiro ou cabeça no teto. O porta-malas de 498 litros também é o maior da categoria, com capacidade suficiente para acomodar bagagens da família toda.

Para compensar em parte os preços altos, a Volkswagen garante que o Taos tem o seguro mais barato da sua categoria, oferece as três primeiras revisões grátis, em uma economia estimada de R$ 1,5 mil, e peças de reposição 20% mais em conta do que a concorrência.

O VW MAIS SOFISTICADO JÁ FEITO NA AMÉRICA DO SUL




Os filetes de LED que atravessam a grade dianteira do Taos conferem ao SUV uma assinatura luminosa única

O Taos é o carro mais sofisticado já produzido pela Volkswagen na América do Sul, que incorpora boa parte dos principais avanços tecnológicos do setor, a começar pela iluminação recheada de LEDs por todos os cantos, tanto nas lanternas traseiras como na dianteira, onde a luz de condução diurna DLR é composta por dois filetes de LED que atravessam a grade frontal ligando o emblema VW com os faróis, conferindo uma assinatura luminosa única ao SUV.

Os faróis IQ.Light são o que há de mais moderno na iluminação automotiva, com poder de emissão luminosa de 900 lúmens (lâmpadas de halogênio têm de 360 a 460 lúmens) e controlados pelo AFS (Adaptative Front-Lighting System), um sistema inteligente que ajusta ângulo e intensidade da luz de acordo com velocidade, condições do tempo, dados da rota e direção. Os faróis baixos são ligados automaticamente quando carro ultrapassa os 35 km/h e o facho é reduzido quando é detectado um veículo na faixa oposta.


Painel tecnológico: versão topo de linha Highline do Taos tem sistema Ambient Light com iluminação de 10 cores e ilha digital com quadro de instrumentos Active Info Display e tela multimídia VW Play

No interior mais LEDs compõe a iluminação, o Ambient Light, com filetes luminosos no painel e portas que pode ser ajustados com 10 cores diferentes. O ambiente tecnológico é completado pela ilha digital no painel, com o quadro de instrumentos Active Info Display de 10,25 polegadas e a tela da central de infoentretenimento VW Play, que agrega vários controles do veículo e diversos aplicativos, como em um tablet ou smartphone.

Aliás o Taos marca a estreia de mais quatro APPs no VW Play: PlayKids para crianças de 0 a 6 anos com 5 mil desenhos, livros, jogos educativos e atividades interativas; Skeelo para ouvir áudiolivros; Get In para fazer reservas em bares e restaurantes; MobiMax para assistir TV digital com o carro parado; e o streaming de músicas Spotify.



O pacote de sistemas eletrônicos de segurança é bastante completo, incluindo de série em ambas as versões seis airbags e controle de estabilidade (ESC) e tração XS Plus, que bloqueia o diferencial para aumentar as estabilidades nas curvas. Opcionalmente no Comfortline e de série no Highline, o Taos também é equipado com radar para acionar frenagem automática de emergência (AEB) com reconhecimento de pedestres e ajustar o ACC, controle automático adaptativo de velocidade em relação ao veículo da frente com função anda-e-para para situações de trânsito.

Segundo medições da Volkswagen, a suspensão independente nas quatro rodas garante ao SUV uma dinâmica segura, enquanto o motor 1.4 turbo de 150 cavalos sustenta desempenho bem-disposto e econômico para um carro de pouco mais de 1,4 tonelada, que acelera de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos e chega à velocidade máxima de 194 km/h.

Com seu pacote de tecnologias e um acabamento interno caprichado – que difere bastante dos sempre espartanos modelos Volkswagen produzidos na região –, pode-se dizer que o Taos é um SUV médio acima da média para mercados subdesenvolvidos na comparação com os padrões dos veículos produzidos no Brasil ou na Argentina, mas na média para consumidores de países desenvolvidos.


Powertrain garante desempenho esperto ao Taos: motor 1.4 TSI de 150 cv e torque de 250 Nm e câmbio automático de seis marchas

VERSÕES, PREÇOS E PRINCIPAIS EQUIPAMENTOS



COMFORTLINE – R$ 154.990
Principais itens de série: • Ar-condicionado Climatronic dual-zone com saídas de ar para os passageiros do banco traseiro • Câmera de ré • Carregador de smartphone por indução • Direção elétrica • Controlador automático de velocidade (Piloto Automático) • Sensores de chuva e crepuscular • Sistema KESSY de chave por aproximação para travamento/destravamento e partida no botão • Volante multifuncional com aletas para trocas manuais de marcha • Painel de instrumentos digital com tela de 8 polegadas • Central de infoentretenimento VW Play.
Pacotes opcionais: • Conforto (R$ 5.420) – bancos revestidos em couro sintético; bancos dianteiros com aquecimento; banco do motorista com ajustes elétricos e ajuste lombar // • Segurança (R$ 4.790) AEB (frenagem autônoma de emergência) com detecção de pedestres e ACC (controle adaptativo de cruzeiro).

HIGHLINE – R$ 181.790
Principais itens de série, acrescenta ou altera em relação à Comfortline: • ACC (controle adaptativo de cruzeiro) com função Stop&Go • AEB (frenagem autônoma de emergência) com detecção de pedestres • Bancos dianteiros revestidos em couro sintético • Bancos dianteiros com aquecimento • Banco do motorista com ajustes elétricos e ajuste lombar • Luzes em LED na grade frontal • Faróis IQ. Light • Ambient Light • Quadro de instrumentos Active Info Display com tela de 10,25 polegadas • Sistema de detecção de ponto cego • Alerta de tráfego traseiro cruzado • Seleção de perfil de condução.
Opcional: Teto solar panorâmico (R$ 5.520).



Tags: Volkswagen, VW, Taos, lançamento, SUV, médios.

Comentários

  • Sandro

    "OTaos é o carro mais sofisticado já produzido pela Volkswagen na América do Sul" --> negativo, o melhor produto (não sei o que significa "mais sofisticado") foi o GOLF 7, que lamentavelmente não é mais oferecido.

  • SalvadorPereira Gama

    Éum carro com muita qualidade, mais aqui no Brasil não temos locais para andar devido a sua potencia, pois existem muitos veiculos nas ruas que impedem um desenvolvimento melhor da maquina.

  • Aloysiode Toledo Piza

    Souinteressado no top de linha. Melhor se tiver um 4x4, ou melhor ainda um Diesel. Possuo um Outlander 4x4 Diesel agora com 48Mil Km. Aguardarei o inicio do novo ano para uma conversa solida.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now