Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Hyundai suspende mais um turno por falta de semicondutores

Insumos | 16/06/2021 | 17h49

Hyundai suspende mais um turno por falta de semicondutores

Fábrica de Piracicaba (SP) há havia paralisado o terceiro turno em maio; com os 10 dias de interrupção, a produção normal só volta em julho

REDAÇÃO AB

A Hyundai Motor Brasil é a mais recente vítima da longa crise dos semicondutores no País. A montadora anunciou nesta quarta-feira, 16, que vai suspender o segundo turno de produção na sua fábrica em Piracicaba, no interior paulista. A paralisação vai durar 10 dias: será realizada entre 21 e 30 de junho, devido à falta de componentes eletrônicos que tem atingido várias montadoras.



Publicidade



Na última sexta-feira, 11, a Volkswagen já havia anunciado uma segunda suspensão total das atividades por 10 dias, em três de suas quatro fábricas, devido à escassez de semicondutores. Ainda em junho, a Nissan também teve de paralisar sua produção em Resende (RJ), neste caso por apenas cinco dias alternados.

Entre as maiores paralisações no ano, também estão a Honda, que interrompeu a produção do Civic em Sumaré (SP) por duas vezes, e a GM, que já fechou duas plantas diferentes por falta de peças. A unidade de São Caetano do Sul vai ficar parada por seis semanas, em parte também para adequar a linha de montagem à chegada da nova picape baseada no Onix. Já a fábrica de Gravataí (RS) está paralisada desde março, sendo ela responsável pela montagem do Onix, que perdeu a liderança do mercado neste ano devido à crise dos semicondutores.

No caso da Hyundai, a montadora já havia decidido cancelar o terceiro turno por falta de peças, com início a partir de 31 de maio e retorno depois de 30 de junho. Com isso, a linha de montagem da família HB20 e do Creta mantém-se com os operários trabalhando em apenas um turno, devendo a produção normalizar somente em julho.

Veja a seguir o comunicado oficial divulgado pela Hyundai Motor Brasil.

“A Hyundai Motor Brasil suspenderá a produção do 2° turno de sua fábrica em Piracicaba (SP) de 21 a 30 de junho devido às condições instáveis de fornecimento de componentes eletrônicos. O 3º turno está suspenso desde 31 de maio e tem previsão de retorno também após 30 de junho. A empresa seguirá monitorando a situação e tomará as medidas necessárias para adaptar os volumes de sua produção conforme as condições de fornecimento de peças nas próximas semanas.”



Tags: Hyundai, Piracicaba, semicondutores, pandemia, produção, .

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV