Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Randon Implementos registra alta de 161% nas exportações neste ano
Randon Implementos é a principal exportadora brasileira de semirreboques

Negócios | 22/06/2021 | 15h08

Randon Implementos registra alta de 161% nas exportações neste ano

Retomada de negócios com mercados estratégicos, como o africano, principalmente, colaboraram com o crescimento

REDAÇÃO AB

A Randon Implementos anunciou na terça-feira, 22, que vem contabilizando um aumento expressivo em suas exportações neste ano. De acordo com a empresa, os números do primeiro quadrimestre revelaram alta de 161% nas vendas para outros países, na comparação com os primeiros quatro meses de 2020.

Foram embarcadas 824 unidades de semirreboques entre janeiro e abril deste ano, contra 316 exemplares no mesmo período do ano passado. A fabricante destacou ainda que os modelos Plataforma, Basculante e Tanque foram os mais comercializados.

“A capilaridade da nossa rede de vendas e o reforço das nossas estratégias de prospecção são pontos fundamentais que permitiram ampliar o volume de exportações, alcançando um dos melhores resultados dos últimos anos, e possibilitaram suportar os momentos de instabilidade e equalizar os estoques e nossa participação em diferentes mercados”, declarou Sandro Trentin, diretor comercial da Randon Implementos.

Os negócios feitos com empresas de países da América do Sul, como Chile, Peru, Argentina e Paraguai, contribuíram muito com o resultado, assim como a importante retomada das vendas para outros mercados, principalmente no continente africano, acrescentou o executivo.

Publicidade



Os mercados africanos, aliás, vêm se tornando cada vez mais importantes nos resultados de vendas. Em 2021, o início das exportações ao Senegal e a volta das operações no Quênia, onde a Randon Implementos mantém parceria para uma unidade de montagem CKD (Completely Knocked Down), de componentes de semirreboques exportados desmontados do Brasil, são os principais movimentos em curso.

A expectativa é de crescimento constante da participação nesse mercado nos próximos anos, alcançando países vizinhos como Tanzânia e Uganda. “Nossa atuação no Quênia é relevante para a companhia e é reconhecida pelos nossos clientes. Todo leste do continente africano está em franca expansão, e buscamos manter o protagonismo nesta região, com parcerias estratégicas consolidadas”, explicou Trentin.

PRESENÇA ESTRATÉGICA NA ÁFRICA



A Randon Implementos atua no Quênia há 17 anos, tendo exportado cerca de 3 mil produtos durante esse período. Atualmente, os principais mercados, além de Quênia e Senegal, onde a empresa mantém parcerias de montagem CKD, são a Argélia, Costa do Marfim e Etiópia – desta modalidade há ainda uma unidade em Cuba, no continente americano, totalizando seis pontos logísticos globais estratégicos.

Já para produtos exportados de forma completa, no modelo conhecido pela sigla CBU (Completely Built Up), os destaques são Angola, Congo, Costa do Marfim, Moçambique e Gana. A empresa mantém escritórios comerciais internacionais na França, em Portugal e na África do Sul com foco exclusivo no mercado africano.



Tags: Negócios, Randon Implementos, exportações, semirreboques, comércio, África, América do Sul, mercados, Sandro Trentin.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now