Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

| 09/01/2009 | 00h00

É natural recorrer ao FAT, diz Schneider

Jackson Schneider, presidente da Anfavea, acha natural que as empresas recorram ao Fundo de Amparo ao Trabalhador. Ele disse que está pronto a negociar com os sindicatos dos trabalhadores para evitar demissões, mas acredita que os acordos devam ser feitos caso a caso.

Automotive Business

É natural recorrer ao FAT, diz Schneider Em função de um represamento provocado pela demora na aplicação dos incentivos do governo na área fiscal, em 30 de dezembro foram emplacados quase vinte mil veículos. “Foi um recorde histórico, sem outro significado” – explicou o presidente da Anfavea, Jackson Schneider. Os estoques ainda eram expressivos no último dia de 2008, com 64.168 veículos nos pátios dos fabricantes (13 dias de vendas) e outras 147.457 unidades nas concessionárias (23 dias). Esse estoque, aliado a um baixo ânimo do consumidor em ir às compras, não motivou as montadoras a retomar plenamente a produção. Ao contrário, estão programadas mais férias, uso do banco de horas e até suspensão de contratos de trabalho, com uso do mecanismo do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador. “É natural recorrer a esse fundo” – declara Schneider. O executivo disse que está pronto a negociar com os sindicatos dos trabalhadores para evitar demissões, mas acredita que os acordos devam ser feitos caso a caso.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now