Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Financeiras | 24/08/2010 | 00h00

BNDES vai financiar máquinas para AL e África

Objetivo é elevar volumes de exportação.

Vinicius Konchinski, Agência Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social

Vinicius Konchinski, Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na segunda-feira, 23, que o BNDES deve oferecer à indústria da América Latina e da África linhas de financiamento para compras de máquinas e bens de capital iguais às oferecidas a empresas nacionais. A expansão da linha de crédito está em estudo e deve aumentar a exportação de máquinas nacionais para países dos dois blocos.

“Queremos expandir para os países da América Latina, América Central e África as mesmas condições de financiamento do Finame existentes no Brasil para ajudar o país a vender suas máquinas para os países com quem temos fronteira”, disse o presidente, ressaltando em tom de brincadeira que países africanos também fazem fronteira com o Brasil.

O Finame é uma linha de crédito específica para o financiamento de investimentos de fábricas em equipamentos para melhoria de sua produção. Em 2008, durante a crise econômica mundial, o prazo máximo de pagamento dos empréstimos do Finame foi estendido de cinco para dez anos.

Para o presidente, a aproximação comercial com países latino-americanos e africanos é muito importante. Em discurso durante evento promovido pela Associação Brasileira da Infraestrutura e da Indústria de Base, ele disse que as exportações brasileiras para a África e a América Latina ajudaram o país a sair da crise antes que outras nações.



Tags: BNDES, crédito, máquinas, América Latina, África, exportação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now