Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Transportes | 31/08/2010 | 00h00

BNDES lança edital para estudo sobre portos

Objetivo é alimentar o Plano Nacional de Logística Portuária.

Alana Gandra, Agência Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Alana Gandra, Agência Brasil

O BNDES vai contratar estudo técnico sobre a situação do setor portuário brasileiro. A licitação foi aberta na segunda-feira, 30, pelo banco. O objetivo é receber subsídios para elaboração de políticas públicas que levem a melhores padrões de eficiência operacional e de qualidade de serviços nos portos brasileiros.

O trabalho se insere no Plano Nacional de Logística Portuária, da Secretaria de Portos da Presidência da República, que objetiva a expansão da capacidade do sistema portuário brasileiro, de modo a atender à demanda do setor, e a melhoria da eficiência administrativa e operacional, para dar maior competitividade e lucratividade aos portos nacionais, garantindo-lhes autossuficiência financeira.

No próximo dia 2 o banco fará uma sessão de esclarecimento às instituições, consultorias e pesquisadores interessados em participar do processo de licitação. Até 30 de setembro a chamada pública vai receber propostas dos interessados em obter apoio não reembolsável para elaboração do estudo.

O custo estimado pelos proponentes é uma das variáveis que serão consideradas na seleção dos vencedores. Os estudos terão prazo de conclusão de nove meses a partir da assinatura do contrato. Os recursos serão provenientes do Fundo de Estruturação de Projetos do BNDES.



Tags: BNDES, portos, Plano Nacional de Logística Portuária.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now