Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 01/02/2011 | 06h50

Confira o balanço do encontro entre presidentas

Inclusão social e aproximação marcaram os discursos.

Agência Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Yara Aquino, Agência Brasil

Os governos do Brasil e da Argentina firmaram na segunda-feira, 31, acordo para a construção de dois reatores nucleares durante a visita da presidenta Dilma Rousseff à Argentina. Cada país deve construir o próprio reator a partir de projetos comuns. O encontro inédito entre as duas presidentas trouxe também outros frutos, como o memorando sobre bioenergia, uma parceria para a construção do complexo hidrelétrico de Garabi (entre a Província de Corrientes, na Argentina, e o estado do Rio Grande do Sul) e ainda acordo para a construção de uma ponte que ligará São Miguel do Oeste, SC, à cidade argentina de San Pedro.

Na área das Comunicações foi assinado um plano de ação conjunta para cooperação bilateral com objetivo de massificar o acesso à internet em banda larga até 2015 nos dois países, por meio da melhoria na qualidade de conexão e ampliação da disponibilidade do serviço.

O crescimento, aliado à inclusão social dos povos dos países latino-americanos, marcou o discurso das presidentas. Dilma disse se sentir em um momento especial na Argentina e afirmou que os dois países vão aprofundar vínculos para construir um mundo melhor na região.

As presidentas reafirmaram a proximidade entre Brasil e Argentina. Cristina Kirchner lembrou o caminho trilhado pelos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Néstor Kirchner (falecido no ano passado) para aprofundar as relações bilaterais. Agora, acrescentou, elas darão continuidade a essas ações.

Foto: a presidenta Cristina Kirchner recebe na Casa Rosada a presidenta Dilma Rousseff em sua primeira viagem oficial desde que assumiu o governo. Foto Télam, Agência Brasil.



Tags: Dilma Rousseff, Cristina Kirchner, bioenergia, reatores nucleares, hidrelétrica.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now