Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 03/02/2011 | 17h45

BMW e PSA criam joint venture para híbridos

Empresa deve entrar em operação ainda este ano.

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A BMW e a PSA Peugeot Citroën decidiram ampliar a parceria, que hoje envolve o desenvolvimento de motores a gasolina, para avançar na eletrificação dos seus modelos. Os dois grupos assinaram na última terça-feira, 1º, a criação de uma joint venture. A companhia, chamada de BMW Peugeot Citroën Electrification, será responsável por produzir componentes e softwares para veículos híbridos.

Com o acordo, as empresas esperam gerar economias de escala e criar uma plataforma europeia para estas tecnologias, que contribuirá para estruturar uma cadeia de produção de tecnologia hibrida na região. A joint venture poderá trabalhar com diversos fornecedores, terceirizar o desenvolvimento de componentes e também vender produtos para outras montadoras além das envolvidas no acordo.

Apesar de ainda estar sujeito à aprovação das autoridades, o início da operação é previsto para o segundo trimestre deste ano. As autopeças produzidas pela BMW Peugeot Citroën Electrification devem chegar às linhas de montagem das empresas a partir de 2014.

Para comandar a nova companhia, as empresas nomearam Wolfgang Güllich, responsável pela área de compras do grupo BMW, como presidente-diretor geral. Já Jean Leflour, diretor da visão cliente e da programação de qualidade da PSA, foi escolhido para ocupar o cargo de diretor geral.



Tags: BMW, PSA, BMW Peugeot Citroen Electrification, eletrificação, híbrido, carro híbrido, joint venture.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now