Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 03/03/2011 | 06h08

De olho em eventos, Gerdau investe R$ 2,5 bi

Usina de Cosigua terá a produção ampliada.

Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Mônica Ciarelli, Agência Estado

A Gerdau anunciou nesta quarta-feira, 2, um investimento de R$ 2,47 bilhões para expandir em 50% a capacidade de produção da usina de Cosigua, em Santa Cruz, no Rio de Janeiro. Com o investimento a produção atingirá 1,8 milhão de toneladas de aço.

A Gerdau informou que a primeira fase de expansão da usina de Cosigua no Rio de Janeiro entra em operação em 2012. A expectativa é que o novo laminador de fio-máquina e vergalhões inicie as atividades em 2013, com capacidade inicial de 600 mil toneladas por ano. A empresa informou ainda que a partir dessa etapa pretende instalar uma nova unidade de corte e dobra de vergalhões para construção civil.

Na segunda fase da expansão, prevista para entre 2014 e 2016, o novo laminador alcançará 1,1 milhão de toneladas. Ao final do período a capacidade de laminação da usina Cosigua alcançará 2,6 milhões de toneladas.

Segundo o presidente do conselho de administração da Gerdau, Jorge Gerdau Johannpeter, o investimento de R$ 2,47 bilhões tem como objetivo atender a expansão na demanda de aço no Brasil, impulsionada pelas obras para Copa do Mundo de 2014 e os jogos olímpicos de 2016. "Esses eventos envolvem não somente a construção e reforma de complexos esportivos, mas também a ampliação da infraestrutura aeroviária, hoteleira, de energia e de telecomunicações", afirmou.



Tags: Gerdau, Cosigua, siderurgia, Copa do Mundo, jogos olímpicos.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

Mobility Now

ABTV

Mobility Now