Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Fiat começa a produzir o Grazie Mille e para dia 23 de dezembro

Lançamentos | 28/11/2013 | 18h21

Fiat começa a produzir o Grazie Mille e para dia 23 de dezembro

Produção da série de despedida do modelo popular foi programada para apenas 2 mil unidades

PEDRO KUTNEY, AB

Segundo informam fontes a Fiat já começou a produzir em Betim (MG) a última fornada do Mille, que encerra sua história no País após 30 anos de mercado. A série especial de despedida, chamada Gazie Mille (muito obrigado, em português) conforme noticiou Automotive Business (leia aqui), terá apenas 2 mil unidades fabricadas até o próximo dia 23 de dezembro, quando os trabalhadores da linha de produção mineira entram em férias coletivas, devendo retornar em janeiro próximo.

A Fiat ainda não confirma a data de lançamento do Grazie Mille, o que deve acontecer nos próximos dias. Se seguir a tradição dos outros carros que sairão de linha ainda este ano, a versão de despedida não será o carro mais barato do País, como foi o carrinho por muitos anos no mercado brasileiro. A série especial deverá ser mais completa e ter o preço sobrevalorizado.

Neste fim de 2013 o Mille se junta aos Volkswagen Kombi e Gol G4 e Ford Ka, modelos que saem de linha pela inviabilidade (técnica e econômica) de agregar airbags e freios com ABS, dois equipamentos de segurança que passam a ser obrigatórios em 100% dos carros vendidos no País a partir de janeiro de 2014.

Mas o Mille deverá ter um sucessor: fornecedores já começaram a entregar peças para o Palio Mille, que deve substituir o atual Palio Fire (que mantém o desenho da terceira geração do Palio lançado em 2004) e passar a ser o carro de entrada da marca no País (leia aqui).



Tags: Fiat, Mille, Uno, lançamento, versão, Grazie Mille.

Comentários

  • João Luiz Rosetti Gasparini

    Acho que a FIAT pecou de, somente em dezembro, lançar apenas 2.000 unidades de uma série final justamente do carro que alavancou a marca no Brasil. Muito mais que 2.000 brasileiros, eu incluído, tem verdadeira devoção por esse carrinho maravilhoso e vão querer o seu exemplar. A Kombi (especial edition) foi lançada no meio do ano. Assim deu tempo de vender, fazer mais pois a procura foi gigantesca, e ainda está à venda. Este Mille final vai evaporar antes de sair de Betim !!!

  • Gian

    Marketing ZERO da FIAT ! Em substituição pior ainda, pq é insano alguém querer comprar em 2014 um carro de modelo 2004 !!! São 10 anos de ZERO investimento, logo o preço deveria ser baixo, mas sabemos que o Brasil é o país do carnaval e do lucro EXAGERADO das montadoras, visto que MUITAS querem se instalar por aqui ... o que no final será bom pois a lei da oferta e procura vai derrubar esse paradigma !!!Va bene Mille !!!!

  • Roberto

    A fiat vai botar se ver mal com o palio g3 para substituir o mille fire... quem já teve os dois, não compra o palio nunca mais. É uma verdadeira "bomba" de desempenho perto mille fire. Quem teve vários uno mille, atual mille fire, nunca vai se aventurar em um palio ou uno novo, só se for desavisado. O uno novo tem péssima visibilidade, desempenho semelhante do palio, e faz barulho interno como uma C-10 velha. Uma pena a decisão da fiat... mas eu fui correndo hoje, e garanti mais uns anos de mille fire, pq é o carro pra trabalho.

  • Elton

    Eu já garanti o meu....vai ficar no cavalete...coleção!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now