Automotive Business
  
News Mobility Now

Notícias

Ver todas as notícias
Venda de importados da Abeifa vai contra o mercado e cresce 3,9% em abril

Mercado | 03/05/2021 | 16h07

Venda de importados da Abeifa vai contra o mercado e cresce 3,9% em abril

Entre os veículos nacionais vendidos pelas associadas, porém, houve queda de 3,2%

REDAÇÃO AB

Enquanto o mês de abril registrou uma queda de 7,5% na venda de veículos no mercado interno como um todo (leia aqui), os importados da Abeifa – Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores apresentaram um crescimento de 3,9% no mesmo período. Foram comercializadas 2.247 unidades em abril, contra 2.163 no mês anterior, segundo boletim divulgado nesta segunda-feira, dia 3, pela entidade, que reúne 17 associadas.

Se compararmos os números com abril de 2020, que somou apenas 753 unidades, teremos um aparente aumento excepcional de 198,4%. Mas isso só ocorreu porque nesse mês a maioria das lojas permaneceu fechada por conta das medidas restritivas para conter a pandemia de Covid-19, que acabava de chegar ao Brasil. Já o acumulado de vendas de importados de janeiro a abril representou um aumento de 4,2% (8.264 unidades contra 7.928 no mesmo período de 2020).

Quando analisamos apenas as vendas dos veículos fabricados no País pelas associadas da Abeifa (BMW, Caoa Chery, Land Rover e Suzuki), os números são de 3.609 em abril e 12.649 no acumulado de 2021, o que representa respectivamente uma queda de 3,2% (3.728 em abril de 2020) e uma alta de 43% (8.846 entre janeiro e abril de 2020).

Na soma de importados e nacionais, a Abeifa quase empatou com abril de 2020 (queda de apenas 0,6%), mas conseguiu uma expressivo crescimento de 24,7% no acumulado de 2021 contra o do ano passado (20.913 ante a 16.774 unidades).

“Entendemos que o resultado do acumulado do primeiro quadrimestre de nossas associadas, de 24,7%, representa o início de recuperação, já que crescemos mais que a média do mercado interno brasileiro, de 13,3%. Certamente é um alívio, mas as nossas associadas ainda vivem momentos de muita apreensão e preocupação com a paridade cambial e o cenário de pandemia por Covid-19”, diz João Henrique Oliveira, presidente da Abeifa.



- Faça aqui o download dos dados de vendas dos associados da Abeifa
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência





Tags: Abeifa, Importados, nacionais, indústria, Covid-19, João Oliveira.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Mobility Now