Bike Sampa chega à Zona Norte

Com novas estações em Santana e Barra Funda, programa que opera 2.700 bicicletas compartilhadas na capital se expande

Por REDAÇÃO AB
  • 26/08/2021 - 15:00
  • | Atualizado há 2 semanas, 3 dias
  • um minuto de leitura


    O Bike Sampa, programa de bicicletas compartilhadas na capital paulista, anunciou que está construindo novas estações em quatro bairros onde ainda não tinha presença. As instalações começaram a ser feitas na quinta-feira, 25, nos bairros de Perdizes, Barra Funda, Saúde e Santana e deverão ser terminadas até o final de setembro. Será a estreia do projeto na Zona Norte.

    Além delas, uma nova estação será inaugurada próxima à estação de metrô Praça da Árvore. Segundo levantamento da Tembici, uma a cada cinco viagens do Bike Sampa é originada a partir da integração com transportes públicos.

    “Nos estudos que fizemos, concluímos que as novas localidades são importantes para complementar a mobilidade urbana na região”, afirma Renata Rabello, gerente de planejamento urbano da Tembici. “Além disso, atravessar o Rio Tietê com o projeto também traz um enorme ganho para os deslocamentos, porque existem poucas pontes cicláveis na cidade”, conta ela. As novas estações estarão próximas da Ponte da Casa Verde, que tem ciclofaixa.

    Segundo a Tembici, o uso das bicicletas aumentou 28% este ano em relação a 2020, sinalizando recuperação após a pandemia, que diminuiu o uso de todos os modais de transporte. Especialistas indicam que a bicicleta é ideal para a realização da última milha, ou seja, os pequenos trajetos entre as estações de metrô/ônibus e os destinos finais dos passageiros.

    A Tembici possui 260 estações e 2.700 bikes operando na capital paulista.