BMW do Brasil faz recall de 50 mil carros de 11 modelos

Por risco em airbags, montadora convoca unidades de 2004 a 2016, inclusive vendidas por lojas independentes. Veja a lista completa dos chassis envolvidos

Por REDAÇÃO AB
  • 26/08/2021 - 18:57
  • | Atualizado há 2 semanas, 3 dias
  • um minuto de leitura

    A BMW do Brasil anunciou nesta quinta-feira, 26, que está convocando proprietários de 51.873 veículos devido ao risco de mau funcionamento dos airbags de motorista e passageiro produzidos pela Takata.

    O recall atinge os veículos das Série 1, 2, 3, 4, 5 e 6 (incluindo suas versões esportivas M) e os X1, X3, X4, X5 e X6, fabricados entre junho de 2004 e dezembro de 2016. Ao todo, são 83 versões de 11 modelos, incluindo automóveis que vieram por importação independente.

    A BMW diz que constatou que o gerador de gás do airbag do motorista e/ou do passageiro dianteiro pode funcionar de forma inadequada, caso tenha sido exposto a condições de alta umidade do ar e a grandes variações de temperatura, por longos períodos. Em caso de colisão e consequente abertura das bolsas de ar, há a possibilidade de que fragmentos metálicos sejam projetados contra os ocupantes.

    Para descobrir se o carro é uma das unidades envolvidas no recall, o proprietário pode consultar o site da marca (bmw.com.br), ligar para Serviço de Atendimento ao Cliente BMW, exclusivo para recall (0800 019 7097, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h), ou clicar diretamente neste link, que contém o número de chassis de todos os veículos convocados.

    A troca gratuita do airbag do motorista demora cerca de 30 minutos, enquanto a do airbag do passageiro dianteiro, cerca de três horas. O reparo já pode ser agendado, mas o serviço vai ser realizado seguindo o cronograma de atendimento abaixo.