Troller anuncia fim da produção, mas fábrica deve ser vendida logo

Ford está em fase final de negociação com dois investidores interessados na planta de Horizonte (CE), segundo jornal cearense

Por REDAÇÃO AB
  • 09/08/2021 - 20:05
  • | Atualizado há 1 mês
  • um minuto de leitura

    O fim do jipe Troller T4 agora já tem data marcada. Em e-mail enviado pela Ford nesta segunda-feira, dia 9, aos funcionários da fábrica de Horizonte (CE), a empresa anunciou que a produção do modelo será encerrada até o final de setembro.

    Embora o jipe deixe de ser produzido, a fábrica cearense ainda ficará em funcionamento por um pouco mais de tempo. “A produção de peças terá continuidade até o final do mês de novembro, com o objetivo de garantir a disponibilidade de peças para clientes da Troller”, informava o e-mail.

    Apesar de triste, a notícia já era esperada pelos trabalhadores desde que a Ford anunciou em janeiro o fim da sua produção no Brasil, incluindo a da Troller, marca brasileira que pertence à montadora americana. Na época, a Ford disse que a fabricação dos jipes seria mantida até o fim do ano e que tentaria buscar um comprador para a operação.

    A boa notícia é que o desfecho dessa história pode ser positivo e mais rápido do que se esperava. Uma reportagem do jornal cearense Diário do Nordeste afirmou também nesta segunda-feira que a fábrica já está em processo final de ser vendida.

    “Com as negociações avançadas entre a Ford e os possíveis investidores, a venda da fábrica da Troller no Ceará tem tudo para se concretizar em breve”, afirma o texto. “Na atual fase do processo, a montadora executa uma criteriosa análise jurídica junto à matriz norte-americana, após a qual deve ser batido o martelo sobre a venda.”

    Ainda de acordo com a matéria, estão na disputa para comprar a unidade fabril dois investidores, que seriam empresas brasileiras e de fora do setor automotivo. “Há a expectativa de que o futuro dono da montadora agregue valor ao projeto, com a injeção de novos investimentos para modernizar a fábrica e diversificar o portfólio da marca, inclusive com veículos elétricos no radar”, garante o texto do jornal.

    Única marca nacional de carros ainda em atividade, a Troller produz no Ceará desde 1995 e foi comprada pela Ford em 2006. Sua fábrica emprega 477 trabalhadores diretos, cuja demissão ainda não foi negociada. “Já entregamos uma carta ao nosso sindicato, que foi convidado para o início das negociações nesta terça-feira, 10 de agosto. Nenhum desligamento está sendo realizado neste momento e nossa intenção é chegar a um acordo justo e viável, assegurando que a relação de trabalho com a Troller seja encerrada de maneira adequada, garantido a todos os nossos empregados que seus direitos serão respeitados”, informou o e-mail da Ford para os funcionários.


    E-mail da Ford comunicando o fim da produção aos funcionários da Troller