Mercedes-Benz seleciona 4 startups para novos projetos

Coordenado pela Liga Ventures, programa Movemos o Mundo com Você escolheu Eagol, Dersalis, Plataforma Verde e Rabbot para desenvolver soluções para clientes

pedro
Pedro Kutney, AB
  • 03/09/2021 - 18:37
  • | Atualizado há 1 semana, 5 dias
  • 3 minutos de leitura
    
             Cristiane Bulchi e o logo do programa “Movemos o Mundo com Você”: projetos com startups para desenvolver soluções para clientes

    O mais recente programa de inovação aberta da Mercedes-Benz em associação com startups “Movemos o Mundo com Você” (leia aqui), iniciado em abril deste ano, finalizou em agosto o processo seletivo que escolheu quatro das 228 empresas nascentes que se inscreveram na iniciativa. O projeto, desenhado com a coordenação da aceleradora Liga Ventures, tem o objetivo de desenvolver com os quatro parceiros novas soluções para os clientes da fabricante de caminhões e ônibus, com foco em trazer melhorias ao ecossistema de transporte de carga e passageiros no País.

    Este é o sexto ciclo de seleção de parcerias com startups que a Mercedes-Benz desenvolve com a Liga Ventures, mas é o primeiro feito exclusivo para a empresa – os demais processos foram feitos no ambiente da Liga AutoTech, que agrega empreendedores que criam inovações para diversas empresas do setor automotivo. Desta vez, foram escolhidos parceiros com potencial de desenvolver projetos para atender as principais demandas que a fabricante identificou ouvindo seus clientes, conforme explica Cristiane Bulchi, gerente de governança e planejamento de projetos de TI responsável por coordenar programas de intraempreendedorismo e relacionamento com startups da Mercedes-Benz do Brasil.

    “Desde 2016 já desenvolvemos programas e adotamos soluções de startups compartilhadas com outros parceiros da Liga Autotech, mas desta vez fizemos um projeto específico, pensando em resolver as dores dos nossos clientes de forma ampla, isso inclui concessionários, transportadores, motoristas e até mesmo os passageiros de ônibus”, afirma Cristiane. 

    “Nós ajudamos os empreendedores a se desenvolver como negócio. Embora este seja um projeto desenvolvido especificamente para a Mercedes, ao participar de cada processo, as startups adquirem experiência e evoluem para outros projetos”, acrescenta Guilherme Massa, diretor e co-fundador da Liga Ventures. 

    ESPECIALIDADES DOS QUATRO FINALISTAS

    Das 228 startups que se inscreveram para participar do programa “Movemos o Mundo com Você”, 15 foram selecionadas nas áreas de interesse para apresentar seus projetos a sete executivos da Mercedes com conhecimentos em várias áreas, que escolheram as quatro finalistas. Eagol, Dersalis, Plataforma Verde e Rabbot começaram esta semana o processo de desenvolvimento em várias fases de discussões que levará quatro meses. Ao fim deste período será decidido se as inovações desenvolvidas se adaptam ou não para aplicação regular da empresa e que tipo de parceria pode ser feita, que vai desde a simples compra de uma ferramenta ou sistema, até parcerias com ou sem compra de participação acionária. <BR><BR>

    A Rabbot desenvolve ferramentas digitais para aperfeiçoar a gestão de frotas e foi escolhida para integrar suas soluções na oferta de serviços aos clientes da Mercedes-Benz. A especialidade da startup é digitalizar e automatizar processos manuais ineficientes e sujeitos a muitos erros, oferecendo sistemas simples de usar incluindo aplicações para administrar manutenções de veículos, gerenciamento de sinistros, controle de pátio e desmobilização de frotas, entre outros. “Os problemas logísticos são iguais há muito tempo e o empreendedor quer pensar e fazer diferente. Nosso objetivo é empoderar o gestor com informações e mais rapidez nas tarefas e decisões operacionais”, afirma Bruno Pelikan, fundador da Rabbot. 

    A especialidade da Dersalis é garantir mais segurança às rotas de transporte por meio de sistemas que monitoram a saúde e o desempenho dos motoristas. A empresa de Vitória (ES) criou programas para “entender” o fator humano por trás do volante, ao monitorar comportamento e sinais vitais do condutor do veículo. Segundo o diretor de produto Lucas Tozetti, o sistema da Dersalis já vem sendo aplicado por grandes embarcadores e frotistas como Petrobras, Raízen e Gerdau. “Atuamos diretamente na redução de acidentes no transporte”, afirma. 

    No caso da Eagol, a especialidade é o desenvolvimento de inspeção veicular digital por meio de imagens, mitigando a incidência de erros ou fraudes. “Nosso sistema automatiza o processo de avaliação de veículos, é mais rápido e preciso”, informa Paulo Moura, fundador e CEO da empresa. Segundo ele, a solução vem sendo muito buscada por seguradoras, locadoras de veículos e revendas, mas de maneira geral pode também ser usadas por qualquer frotista para auditar o estado de seus veículos e indicar processos de manutenção. <BR><BR>

    Por meio dos softwares desenvolvidos pela Plataforma Verde, empresas podem administrar a coleta e destinação de resíduos com atendimento às diversas legislações ambientais em vigor. “Nossa solução usa big data para centralizar informações e fornecer instrumentos para fazer a gestão ambiental de forma mais precisa e transparente”, explica Raphael Guiguer, diretor de projetos da startup. Uma das ferramentas fornecidas, por exemplo, é o monitoramento de emissões de CO2, fator que ganhou maior relevância com a adesão a políticas empresariais ESG (sigla em inglês para meio ambiente, social e governança). “Já temos 695 mil empresas rastreadas para emissões de carbono”, afirma Guiguer. 

    CULTURA DE INOVAÇÃO

    “Acreditamos que a inovação não deve ser algo solitário e precisa de pessoas inconformadas para criar novas soluções. A troca de conhecimento com as startups é fundamental para estimular esse processo na empresa”, afirma Cristiane Bulchi. 

    A ideia, segundo a gestora, é continuar a promover programas de inovação em parceria com startups na Mercedes. “Queremos promover ao menos um ciclo por ano”, diz. Ela lembra que essas parcerias já trouxeram resultados concretos em diversas áreas da empresa e têm estimulado os colaboradores a participar dos projetos de inovação. 

    Alguns exemplos recentes de projetos colocados em prática a partir de parcerias com startups são o canal digital de vendas Showroom Mercedes-Benz Star Online inaugurado durante a pandemia em 2020, desenvolvido com a Mobiauto; o sistema de direção autônoma para caminhões na colheita da cana-de-açúcar projetado com a Grunner; bem como a Fazenda Urbana idealizada pela BeGreen, que desde 2019 fornece verduras e legumes frescos aos funcionários dentro da fábrica de São Bernardo do Campo (SP).